Economia e NegóciosGamesTecnologia

Dicas para transformar jogos em profissão

Como o mundo dos games pode virar profissão

Dicas para transformar jogos em profissão. O influenciador digital RaulZito conta como a paixão por jogos virou trabalho, e dá dicas para quem está começando

Com mais de 400 mil fãs em suas redes sociais, cadeira reservada no SBT Games e o Fortnite como sua paixão, o influenciador RaulZito fez do mundo dos jogos sua profissão. Assim, o concorrido mercado faturou cerca de R$ 56 bilhões somente em março de 2020 e prevê a entrada de 2,7 bilhões de novos usuários em 2020, segundo informações da Superdata.

“Não comecei pensando em virar criador de conteúdo. Na realidade, as transmissões ao vivo que fazia no início eram uma forma de matar a saudade dos amigos, quando fui passar uma temporada fora do país”, explica RaulZito. Mesmo nessa época o jogador já tinha uma certa predileção pelo jogo de Battle Royale Fortnite, e portanto, o canal foi ficando cada vez mais focado. Do mesmo modo e ainda de acordo com os analistas da SuperData, Fortnite foi o jogo que mais rendeu dinheiro em 2019. Ou seja, movimentando US$ 1,8 bilhões em todo mundo.

Dicas para transformar jogos em profissão

Dessa forma, com apenas dois meses de canal, RaulZito atingiu o número expressivo de 120.000 inscritos em seu canal do Youtube, recebendo a tão sonhada placa da empresa. Assim, com a crescente de fãs, o influenciador teve a ideia de propor desafios ao público. “Tive que pintar a barba de rosa quando chegamos aos 50 mil, e o cabelo de azul aos 100. Isto é, tudo para interagir e brincar com quem me acompanha”, comenta o influenciador. Igualmente, “Isso incentivou a crescente de seguidores e me ajudou a criar o personagem RaulZito”, acrescenta.

Dicas para transformar jogos em profissão
RaulZito

Dicas para quem está dando o Start

O sonho de ser criador de conteúdo e viver fazendo o que ama faz parte da vida de muitas pessoas por todo mundo, para Raulzito, o segredo do sucesso é a inovação e proximidade com o público. “Procurar sair sempre na frente e oferecer algo em troca para fidelizar seus seguidores é essencial. Mesmo que seja um sorriso, a oportunidade de jogarem contigo, criar um elo, dar um prêmio”, recomenda o criador de conteúdo. “Invistam nisso, pois o futuro já chegou e a era digital está dominando o mercado. Façam a diferença, sejam autênticos”, acrescenta.

Com a audiência entre 7 e 24 anos, Raul busca sempre novidades para entreter o público da melhor forma. “Como não planejei ser um pro player, mas sim um criador de conteúdo de qualidade, não consumo meu tempo treinando. Foco em dar atenção aos que me acompanham para que tenha cada vez mais conexão com eles”, pontua.

Oportunidades

A princípio, RaulZito também abraçou o desafio de entrar em uma das maiores plataformas de transmissões ao vivo do mundo, a Twitch. Portanto, conseguindo em menos de 7 meses manter o seu canal entre os principais criadores de conteúdo na versão brasileira. Ou seja, com mais de 58 milhões de minutos assistidos nos últimos 30 dias, se tornando um dos principais streamers de Fortnite na plataforma.

Assim, devido os resultados positivos que teve na internet, oportunidades tem aparecido a todo momento. O influenciador destaca o atual contrato com o SBT para atuar em um programa do SBT GAMES, a entrada no time Singularity (SNG), bem como, o apoio de diversas marca. Dessa forma, como embaixador da N.A.V.E e da Dazz, ele consegue ampliar seu alcance e melhorar a qualidade de suas entregas. Então, a parceria entre a Dazz e RaulZito começou a ser realizada no início do ano e foi confirmada no segundo semestre de 2020. “É animador ter a oportunidade de trabalhar com a Dazz, estamos em um momento de crescimento e vamos fazer isso juntos”, comenta RaulZito.

Dicas para transformar jogos em profissão

Trabalhar com o que gosta e ter a mente ativa buscando ideias inovadoras, mantem o conteúdo do influenciador sendo bem recebido pelo público em qualquer plataforma que ele atue. Para Raul Maciel, seu nome fora do mundo gamer, o momento é de transformação e crescimento. “Nós, que estamos no ambiente gamer, vemos na prática o quanto esse mercado evolui diariamente”, comenta. “Existe espaço e oportunidade para quem quiser acrescentar de forma positiva na vida dos seguidores”, finaliza.

Sobre a Dazz

Fundada em 2010 e atuando desde 2011, a Dazz é o braço de tecnologia e informática do Grupo Rio Branco, com enfoque no entretenimento digital. Empresa atuante em diversos setores do varejo há mais de quarenta anos. Possuindo 450 funcionários e as unidades Gamer com acessórios para e-sports, Power com cabos para celulares e power banks e Sounds, com caixas de som bluetooth, a marca cresceu 40% em 2019. E e espera chegar aos 60% de expansão neste ano, aumentando sua gama de vendas de produtos tanto por seu e-commerce quanto em seus mais de quatro mil revendedores varejistas em todo o Brasil. Além de seus 150 representantes comerciais e centros de distribuição, em São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e Pernambuco.

 

Dicas para transformar jogos em profissão
Na Mídia / Divulgação

 

Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal

Fonte: Isabela Perroni / Assessoria de Imprensa

Não deixe de ler: A Conquista Espacial e a evolução da alta tecnologia

Veja ainda nosso ebook: Guia Definitivo Para Marketing Digital

 

Uiara Zagolin

Jornalista, Editora do portal Na Midia, colunista no TNYN NY News e Brazilian Times nos EUA, Vice Presidente da APACOS, Delegada da Associação Internacional de Imprensa, Imortal da Acadêmia de Letras Artes e Ciências de São Paulo. Com formação no Canadá, EUA e UK.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo