GamesNegóciosTecnologia

Apoio ao empreendedorismo no setor de games

Startup brasileira apoia o empreendedorismo no setor de games

Apoio ao empreendedorismo no setor de games.

Assim, o  setor de games teve alta expressiva durante a pandemia e cada vez mais o mercado oferece novas possibilidades de atuação dentro deste segmento que tem movimentado bilhões de dólares todos os anos.

Segundo pesquisa realizada pela Newzoo, empresa que faz análises sobre games e levantamentos referentes ao setor, em 2021 o mercado de jogos no Brasil tem potencial para movimentar uma receita de US$ 2,3 bilhões, algo em torno de R$ 12 bilhões.

E é neste segmento que está inserida a Game Jam Plus, startup social brasileira que tem como principal objetivo promover soluções para fomentar a indústria de economia criativa na área de games, despertando o potencial dos jogos independentes como um negócio para os desenvolvedores, seja reproduzindo situações de mercado ou conectando com grandes players da indústria.

Apoio ao empreendedorismo no setor de games

Apoio ao empreendedorismo no setor de games
Games – Foto Divulgação

O processo criado pela startup carioca recebe qualquer tipo de profissional, seja ele iniciante independente, estudante da área, como também quem já está bem estabelecido no setor, e entrega o que cada um precisa para crescer como profissional.

Com isso, a Game Jam Plus movimenta a indústria e ajuda a criar novas oportunidades de trabalho. Ou seja, não apenas para os desenvolvedores, mas sim para todos da equipe que trabalham nos bastidores da elaboração de um game. Assim como,  roteiristas, diretores, testadores e designers.

“Realizamos anualmente uma maratona que, para conclusão de todas as etapas, tem duração de sete meses. Então, nesse processo apoiamos e incentivamos a criação de novos projetos que passam por mentorias, avaliações internas, até chegarem à etapa de apresentação aos futuros investidores”. Assim, explica Ian Rochlin, fundador e CEO da Game Jam Plus.

A saber, a Game Jam Plus é uma grande oportunidade de entrada no mercado de games e com o enorme potencial para transformar vidas. Por isso, “Começamos pequeno, realizamos a primeira maratona em 2016, atingindo apenas a nossa região local, o Rio de Janeiro. Porém, o movimento foi crescendo e para a próxima edição da Game Jam Plus 2021 que ocorrerá em outubro. Enfim, a nossa meta é chegar a 150 cidades de 40 países”, reforça Ian Rochlin.

Mais informações sobre a Game Jam Plus:

Acesse: Site

Face: Facebook

Insta: Instagram

Apoio ao empreendedorismo no setor de games
Na Mídia, Divulgação

Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal

Fonte: Priscilla Lima
Assessoria de Imprensa

Não deixe de ler: Inglaterra quer que estudantes voltem para casa no Natal

Veja mais: Portal Ego Notícias passa a aceitar criptomoedas

Uiara Zagolin

Jornalista, Editora do portal Na Midia, colunista no TNYN NY News e Brazilian Times nos EUA, Vice Presidente da APACOS, Delegada da Associação Internacional de Imprensa, Imortal da Acadêmia de Letras Artes e Ciências de São Paulo. Com formação no Canadá, EUA e UK.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo