LivrosVariedades

Alcântara, a história inspirada na História.

A escritora Miriam Rezende Gonçalves lança seu primeiro 

Alcântara, a história inspirada na História.A escritora Miriam Rezende Gonçalves lançou  o seu primeiro  livro –  “Alcântara, a história inspirada na História”  no último mês de dezembro.

Este livro é a realização de um sonho conquistado com muito trabalho e persistência, onde o leitor encontrará um novo universo, nunca antes abordado pela literatura, nem pela cinematografia nacional.

A obra traz à tona uma catástrofe nacional, que se transformou em um thriller de suspense. 

Há, ainda, planos para que a história dos heróis de Alcântara, seja retratada em filme e também em seriado.

Há quase duas décadas, Miriam pesquisa tudo que envolve o Programa Espacial Brasileiro, o Centro de Lançamento de Alcântara, a história da cidade, seus símbolos e significados.

Miriam Rezende também realiza palestras, ressaltando os benefícios que a conquista espacial pode trazer para as mazelas e problemas na Terra. 

“Alcântara, a história inspirada na História” 

Dessa forma, a escritora  iniciou a turnê de autógrafos pelo país, porém lamenta sua interrupção bem como o cancelamento das palestras devido ao isolamento social causado pela pandemia do Covid-19.

Ainda assim, acredita que existe algo maior por trás de tudo isso, e logo mais, tudo fará sentido.

“Tenho rezado e meditado muito, e cada vez mais ativista do programa espacial brasileiro. No momento o que posso dizer, é que confio no meu trabalho e na minha missão”, completa  a escritora.

Não deixe de ler: Tragédia de Alcântara em um thriller de suspense

Alcântara, a história inspirada na História.
Foto Divulgação

Sobre Miriam Rezende

Formou-se em Jornalismo por pressão familiar em fazer um curso que proporcionasse estabilidade. 

Aos 18 anos, foi morar no Rio de Janeiro e fazer teatro na CAL. Logo, começou a fazer comunicação social, jornalismo. E em seguida, participou de uma seleção para oficina de produção da Rede Globo, no PROJAC.

Dentre milhares de pessoas, foi uma das selecionadas.

Então, em 2009, foi para São Paulo trabalhar na mudança de linguagem no programa “Auto esporte”, também da TV Globo.

Ou seja, de jornalismo, migraria para entretenimento. E, portanto, Miriam criou um quadro – Se meu carro falasse – onde celebridades contavam trechos inusitados de suas vidas que aconteceram dentro de seus carros.

Paralelo a isso, iniciou pós- graduação em Argumento e Roteiro para Cinema e Televisão na FAAP.

Assim, assistindo filmes biográficos, constatou que todos eles tinham um dado de sua missão na infância.

Exemplificando,  Piaff cantava em um caixote, o Aviador brincava com aviões na banheira e, Miriam,  escrevia poemas em bloquinhos de papeis coloridos que seu pai pegava na gráfica do avô, e ainda, era campeã de redação na escola.

Para tanto, depois foi produzir “Menina Fantástica” e estudar dramaturgia em Cuba.

E onde entra o interesse de Miriam pelas questões espaciais?

Surgiu através de uma catástrofe familiar. Sua tia perdeu um filho nesta explosão de Alcântara. Um engenheiro mecânico do projeto VLS-03, e foi se restabelecer na casa de Miriam. Desde então, a autora passou a ler e, também,  a recortar tudo que saia na imprensa sobre o fato.

Então, criou um portfólio que usou no curso de roteiro, e transformou em livro. E, Miriam, guarda o imenso desejo em criar a cultura do espaço no país, assim como Hollywood fez com a NASA.

De fato, “Pois, a conquista espacial existe para resolver os problemas da Terra e garantir a nossa sobrevivência. Qualquer discurso diferente disto, é falta de informação. Como por exemplo, a internet que é acessada via satélites, as câmera acopladas nos celulares, mecanismos de pesquisa do Google, equipamentos de raio-x, equipamentos de ressonância magnética, GPS, previsão do tempo, amortecedor dos tênis, cura do câncer, cura da AIDS, cirurgia de catarata, entre tantos outros”, finaliza Miriam Rezende.

Contato profissional: Mauricio Aires da Amigos Assessoria

 

Alcântara, a história inspirada na História.
Na Mídia – Imagem Divulgação

 

Fotos: Isabella Bricia – Divulgação / Arquivo Pessoal 

Fonte: Expresso do Cerrado
Assessoria de Imprensa

Leia ainda: Gestão e Segurança no Porto de Suape novo sistema tecnológico

 

Uiara Zagolin

Jornalista, Editora do portal Na Midia, colunista no TNYN NY News, membro da FEBRACOS - Federação Brasileira dos Colunistas Sociais, Vice Presidente da APACOS, Imortal da Acadêmia de Letras Artes e Ciências de São Paulo. Com formação no Canadá, EUA e UK.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
EgoNotícias

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as principais notícias do Brasil e do mundo.