Gastronomia

Campanha para publicar livro com dez receitas de Ema Klabin vai até o dia 14

Com curadoria de Janka Babenco, as dez receitas da publicação serão atualizadas pelo chef Rogério Maldonado

A Casa Museu Ema Klabin promove uma campanha de financiamento coletivo para garantir a produção de uma nova publicação. Nela  terá as receitas mais frequentemente servidas pela colecionadora e mecenas Ema Klabin para seus convidados. Portanto,  a  Campanha segue aberta até o dia 14 de julho de 2022 no site: https://benfeitoria.com/projeto/receitasemaklabin

Assim, a  publicação Dez receitas de Ema Klabin vem sendo organizada por Janka Babenco. Ela vai reeditar as dez receitas mais servidas para os convidados nos famosos jantares e almoços realizados por Ema Klabin. Muitos desses convidados são figuras importantes da cultura brasileira. Entre eles, por exemplo:  Magda Tagliaferro, João Carlos Martins, José Mindlin, entre outros .

“Visitar as anotações dos almoços e jantares servidos pela D. Ema ao longo de mais de 30 anos e selecionar os pratos mais frequentes, além de muito divertido, foi um passeio pelo universo gastronômico desta grande anfitriã e mulher à frente do seu tempo”, diz Janka Babenco.

Para a superintendente da casa museu Ema Klabin, Fernanda Guimarães, a campanha em curso é repleta de significados. “Esta publicação, além de explorar uma memória que não é mais visível na casa, consolida a presença de Janka Babenco com sua pesquisa no nosso arquivo de receitas e oferece à nossa rede de apoiadores e visitantes a possibilidade de acessar essa memória afetiva”, diz Fernanda.

Com um toque de chef

Além disso, a  partir da curadoria de Janka, o chef Rogério Maldonado vai  desenvolver as receitas, de forma a viabilizá-las. Portanto, serão facilmente preparadas pelo público interessado.

Recompensas

As contribuições começam a partir de vinte reais, com itens feitos  para os apoiadores do projeto, como por exemplo, cartões postais com obras da Coleção e receita de aperitivo no verso,  livro Dez receitas de Ema Klabin, além de experiências únicas como a participação, com acompanhante, no jantar de degustação das receitas.

A campanha pretende arrecadar R$ 95 mil para montar a publicação. Se a primeira meta for alcançada, a instituição tem como meta estendida atingir R$ 160 mil. Com isso vai  levar uma programação cultural de palestras, shows musicais e ações educativas  até dezembro de 2022.

Confira aqui: https://benfeitoria.com/pagamento/receitasemaklabin/contribuicao/valor  

Mostra

A publicação Dez receitas de Ema Klabin integra as ações paralelas à mostra Faca, colher & garfo: uma história, com curadoria de Paulo de Freitas Costa. A mostra está aberta para visitação na Casa Museu Ema Klabin até 31 de julho de 2022.

Segundo o curador da Casa Museu Ema Klabin, Paulo de Freitas Costa, Ema Klabin tinha o hábito de registrar todos os seus jantares e receitas. “Seu rico arquivo pessoal, conservado pela casa museu, nos permite, portanto, resgatar essa história, em conjunto com a mostra Faca, colher & garfo, que narra a história dos talheres por meio dos faqueiros por ela usados”, diz Paulo.

Sobre a Casa Museu Ema Klabin

Aberta ao público desde 2007, a Casa Museu Ema Klabin promove ações que, além da visitação regular, ainda incluem a conservação do acervo. Além disso, visitas escolares, cursos, palestras, shows, exposições e também publicações.

A saber, a coleção conta com artes decorativas, arte asiática, arte europeia, arte brasileira, moda, mobiliário, artes das américas, artes africana, artes nativo-americanas. Além disso objetos arqueológicos. Assim, a programação busca  atingir o público mais amplo. Além disso, oferece, portanto,  atividades grátis  para os  todos os  grupos .

Além disso, a programação é gratuita. Portanto, não dá para perder. Aliás, o museu conta com mais de 1500 obras de arte. É um jardim de Roberto Burle Marx.  E está com a mostra  Faca, colher & garfo: uma história.  Além disso,  shows e palestras. O museu tem mais de 1500 obras  de grandes mestres mundiais.

No acervo   do Museu, há peças de grande valor histórico  como ´Vista de Olinda´ (1650), de Frans Post, uma das primeiras pinturas feitas sobre o Brasil. O quadro fez parte de uma leva de presentes dados pelo conde Maurício de Nassau, que governou o Brasil holandês entre 1637 e 1644, ao rei francês Luís XIV. Vale assim a visita.

A Casa Museu Ema Klabin fica na Rua Portugal, 43, em SP. Vai de quarta a domingo.  É preciso o uso de máscara. Levar carteira de vacina.

Serviço:

Campanha: Dez receitas de Ema Klabin.

Até 14 de julho de 2022

Para colaborar com a  Campanha: https://benfeitoria.com/projeto/receitasemaklabin

Site: https://emaklabin.org.br/

Foto: Acervo da Casa Museu Ema Klabin/divulgação

Fonte: Cristina Aguilera/Assessoria de Imprensa

Leia ainda: Museu a Céu aberto Odette Eid

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari. Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo