Estilo de vida

Self made woman Ana Bianchini é referência em Cuiabá

A advogada que assina a coluna mais lida da cidade, é disputada onde vai

Self made woman Ana Bianchini é referência em Cuiabá

Ela é culta.

Competente.

Linda e bem resolvida.

Essa é Ana Bianchini.

A dona da coluna Essencial.

Que é dessa forma, auto explicativa…

Assim como da disputadíssima Drops Sociais.

E igualmente da Bem Falada.

Que é uma coluna social eletrônica.

Todas em Cuiabá.

Natural de São Paulo, mudou-se para o Mato Grosso aos 8 anos.

Foi acompanhar o pai, que fundou Marcelândia e Analândia do Norte.

Por tudo isso, é respeitadíssima.

Até temida.

A bela pensa mais no coletivo do que nela mesma.

Tem memorável trajetória no social.

Foi voluntária por mais de 10 anos na AACC. Por exemplo, a sigla significa: Associação dos Amigos da Criança com Câncer.

Agora, ela gesta sua primeira obra.

Com lançamento inicialmente, previsto para o segundo semestre.

Entitulada: Trans+Bor+Dar.

Traz portanto, já no título uma série de mistérios.

Bianchini é profusão.

Intensidade.

Lealdade.

Carinho.

“Amo ajudar o próximo. Desde pequena. Assim, eu sinto um prazer enorme de ser capaz de transformar, somar. Tanto no meu trabalho de advogada, como colunista. Quando fui voluntária, isso em si, me bastava. Sou uma pessoa de alma simples. Por isso, eu creio que o menos é mais. Muito mais. A vida nos ensina diariamente. Aos que querem e são capazes de ver. Isso sim é riqueza!, disse conclusivamente Ana.

E para saber mais, basta acessar uma de suas redes. Ou seja, quando você estiver em Cuiabá, perguntar por ela.

Sua chance será imensa.

Pois ela cobre tudo de melhor da cidade…

Além disso, Self made woman Ana Bianchini é referência em Cuiabá

Cuiabá é um município brasileiro. Dessa foma, capital do estado de Mato Grosso. Portanto, Região Centro-Oeste do país. Fundado em 1719 por Pascoal Moreira Cabral e do mesmo modo, descoberto por Miguel Sutil.

Outrossim,  ambos bandeirantes nascidos na cidade de Sorocaba, São Paulo.

Ficou da mesma forma, praticamente estagnada desde o fim das jazidas de ouro. Justamente,  até o início do século XX. Desde então, apresentou em suma, um crescimento populacional acima da média nacional. Atingindo seu auge logo depois, nas décadas de 1970 e 1980.

Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Assessoria AB

Leia sob o mesmo ponto de vista também:  Seu filho só joga video game ou é um empreendedor?

Claudia Cataldi

Jornalista Formada, MTB-26853, Publicitária, Radialista, Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais, com vasta experiência nas três esferas de Governo. Foi bolsista pela ONU em Israel. Morou em Cuba, México e EUA. Trabalhou na: TV Globo, Record, Band e CNT. Imortal por 5 Academias de Letras, RJ, SP, MG, NY e Portugal. Atualmente apresenta programa na TV ALERJ, a TV da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e ministra classes na ELERJ-Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo