Economia e Negócios

Ano de 2019 prevê aumento nas vendas de veículos automáticos

Quem tem carro automático precisa sempre ficar atento a manutenção para não sair no prejuízo

Conforto e praticidade chamam a atenção de quem gosta de dirigir. O câmbio automático tem conquistado muitos motoristas. E o setor automotivo percebeu essa mudança de estilo e lança cada vez mais carros com esse tipo de transmissão.

Segundo um estudo divulgado pela Bright Consulting, em 2019, pela primeira vez na história, o mercado brasileiro venderá mais carros automáticos do que com caixas manuais.

As previsões para este ano mostram que os automáticos vão representar mais de 50% das vendas do nosso mercado.

Mas de acordo com o proprietário da Speed Clean Tech, Diogo Lazaro, com esse aumento nas vendas chegam as dúvidas sobre a maneira de usá-lo no dia-a-dia e os cuidados com a manutenção.

É importante saber que cada veículo  tem sua própria especificação para a troca do lubrificante da transmissão. De acordo com o empresário, a troca deve ser feita, em média, a cada 60 mil km.

+ LEIA TAMBÉM SOBRE: Prêmio Comunicação e Destaque mais uma vez bate recorde de público

Quando o carro começa a perder rendimento e trepidar em arrancadas são sinais de alerta. “Isso acontece porque, se não houver lubrificação adequada, os discos de troca e os dentes do conjunto sofrerão mais com o excesso de fricção, “destaca Diogo Lazaro.

Além do lubrificante, o motorista precisa ter atenção ao arrefecimento do motor. A mistura que vai no radiador auxilia a refrigerar a transmissão, já que, se o propulsor superaquecer, o câmbio também fica quente.

De acordo com o proprietário da Speed Clean Teach, essas dicas são valiosas já que este ano promete ser o campeão de vendas de carros automáticos.

Carro com câmbio automático é o desejo de muitos, mas se não cuidar o bolso pode ficar bem pesado e o prejuízo grande.

O conserto pode custar R$ 5 mil ou mais, pois exige a troca completa de juntas, anéis de vedação e até dos discos. Já a troca apenas do conversor de torque custa em torno de R$ 1,5 mil.

Fonte: Expressão 5

 

Siga o Egonotícias no Instagram: @egonoticias

Lourdes Castro

Nascida em São Paulo, Capital - SP, Brasil, Formada em Comunicação Social pelas Fiam- Faculdades Integradas Alcântara Machado, Pós Graduada em Administração de Marketing pela Fecap, Especialização em Assessoria de Imprensa pelo Senac. Jornalista, Assessora de Imprensa e Produtora do Programa Fama & Destaque da Apresentadora Viviane Alves, pela TV Guarulhos. MTB 15521

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo