FestivalMúsica

Phygital: Eventos que unem digital e físico são aposta do momento

Savassi Festival terá programação que vão além de shows.

Phygital: Eventos que unem digital e físico são aposta para retorno da pandemia

Savassi Festival terá programação que vão além de shows em outubro.

Ainda é cedo para dizer fim da pandemia, mas os setores que mais sofreram com o isolamento começam a dar os primeiros passos para voltar a fazer parte da rotina das pessoas, uma das formas é pelo phygital.

Com a experiência de dois anos vendo o mundo pelas telas, foram percebidas as facilidades que as telas oferecem, e também a defasada que só o mundo presencial consegue entregar.

Por isto uma nova modalidade de evento está fazendo sucesso: o phygital – a união dos eventos que ocorrem simultaneamente no mundo físico (physical em inglês) e no digital.

Neste momento de volta gradual marcas investem em presença no digital – como vêm fazendo principalmente desde 2019 na pandemia – e agora criam também oportunidades de contato com clientes no mundo físico.

Eventos e shows agora tem ingressos físicos e via live, palestras podem ser assistidas no local ou através de um computador em qualquer canto do mundo: o phygital democratiza o acesso.

Assim, por meio do phygital quem antes perdia a oportunidade de participar de um evento, agora tem como faze-lo pelo meio online.

Através de aplicativos próprios, lives por redes sociais, grupos exclusivos, entre outras formas.

Bem como quem quer ter a experiência completa sensorial pode estar fisicamente no local, é bom para todos.

Além de ampliar as formas de ganho de quem realiza eventos por ter valores diferenciados para participação física e online. Se tem o famoso ganha-ganha.

Phygital: Eventos que unem digital e físico são aposta do momento
Imagem: Divulgação

Savassi Festival quer revigorar a cena cultural de Belo Horizonte com uma programação que vai além dos shows

A cada edição, o Savassi Festival se consolida como um grande encontro para além da difusão da música instrumental e do entretenimento de qualidade.

Assim, um  bom exemplo de evento phygital que une o físico e digital será o Savassi Festival que irá ocorrer de 21 a 31 de outubro em Belo Horizonte, mostra os frutos de um trabalho extenso e desafiador para manter o viço da programação e a cidade em movimento.

O evento tradicional pelo conteúdo musical de alto nível contará com shows de artistas consagrados e jovens músicos promissores.

Além disso neste ano contará com programas de rádio e webséries, workshops, encontros de música com a literatura, entre muitas novidades que aconteceram em vários locais de Belo Horizonte e também online.

Desta maneira,  fortalece a cena cultural de Belo Horizonte e todo o conjunto de iniciativas que a envolve.

Por isto especialmente neste ano de 2021, pela pandemia,  o festival enfrenta o desafio de reconquistar espaços e criar novos, uma aposta foi torna-lo físico e digital ou seja phygital.

Nomes consagrados e jovens músicos compõem todo o programa, proporcionando um intercâmbio entre os artistas.

Assim também é um momento para o público apreciar o que vem sendo produzido na música instrumental em contextos diversos.

Além dos shows, eventos de música e literatura, reproduções de rádio, workshops e muito mais fazem parte da programação do evento, que pode ser vista no site do Savassi Festival.

Phygital: Eventos que unem digital e físico são aposta do momento
Imagens: Divulgação

Festival tem em sua história o renascimento e recuperação da Savassi

Mas, considerando as circunstâncias da pandemia, o criador do festival, Bruno Golgher, e toda a sua equipe de produção tiveram que adaptar o evento ao que é adequado e possível de ser realizado.

Daí, “O festival foi muito pensado neste período de renascimento e recuperação, e pensei na Savassi e como festival poderia se ligar ao comércio da região, uma força de desenvolvimento econômico local.

Porque o comércio sofreu enormemente e o festival poderia ser uma pequena ajuda das pessoas se juntarem. Enfim, de frequentar os lugares, de ser de fato uma força de renascimento e recuperação” diz Bruno Golgher.

Logo, com o propósito de fomentar uma reflexão diversa e ampliada sobre os caminhos da música instrumental, o Savassi Festival promove também mesas de debates com estudiosos da música.

Além disso o festival reconhece e prestigia o talento de quem elevou a nossa música a patamares mundiais.

Por isso, nesta edição, o mineiro Toninho Horta é o artista homenageado com o Prêmio Jazz Minas.

Toninho Horta recebe o prêmio no dia 30 de outubro, no Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas.

phygital
Imagens: Divulgação

Evento traz novidades e amplia atuação phygital com programação também online

A ação Nova Onda traz um novo recorte estético do festival, com  curadoria assinada pela produtora e dj Paloma Parentoni.

Dessa forma: “Busquei artistas com foco no instrumental. Mas que trouxessem algum diferencial para o público e o festival”, diz Paloma.

“O festival está caminhando para os seus 20 anos e, com a pandemia, as mudanças que sempre refletimos veio à tona. Porque estamos mais digitais que nunca. Aliás, aprendemos muito sobre redes e sobre novos espaços dentro de todos que o Savassi Festival faz questão de abrir para os artistas.

A importância da nova onda para o Festival é exatamente a agregação de um novo público”, ressalta a curadora.

Webséries

O público cativo e novos espectadores vão poder assistir duas webséries que estreiam no festival:

Daí, “Planejando o Savassi Festival na Pandemia”, composta por cinco capítulos, em que a equipe conta como é a realização do festival. “Como fazer um disco?” reúne os músicos Rafael Martini, Davi Fonseca, Deangelo Silva, Marcelo Guerra e Cristiano Caldas sobre seus processos.

Aliás, as produções poderão ser vistas no Instagram, no Youtube e no Facebook do Savassi Festival e do Café com Letras.

No rádio

Dois programas de rádio  – de música e de entrevistas – foram criados especialmente para o Savassi Festival.

Lugar de Mulher, um projeto que nesta edição se associou ao Savassi Festival, leva ao ar artistas mulheres entrevistadas por outras mulheres.

Assim o público vai poder acompanhar o papo pelas páginas do Lugar de Mulher no Instagram e no Facebook e no canal do Youtube.

Daí numa parceria inédita da Rádio Inconfidência com o Savassi Festival, o programa Clube do Jazz também integra a programação.

savassi festival
Imagem: Divulgação

LAB 

Savassi Festival LAB (Lei Aldir Blanc), projeto aprovado para realização de três atividades relacionadas à música, se junta ao Savassi Festival.

O LAB é composto pelo Planejando o Savassi Festival, o conjunto de palestras que se tornou a websérie, workshops. Além disso, as apresentações dos Novos Talentos do Jazz, Mulheres na Música Instrumental e Música Nova.

Selos

Nesta edição, o Selo Savassi Festival Records convida os selos Sonastério, BlackSun, Grão Discos e Selo Umbilical para uma série de apresentações de seus artistas.

Assim, os shows acontecem na Sala Juvenal Dias (Palácio das Artes). No Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas e no Café com Letras.

Desta forma com a reunião de selos na programação,  o Savassi Festival reforça a relevância deste conjunto de selos de gravação  para a criação de novos projetos musicais.

Música e livro

No momento música em livro, Malluh Praxedes, vai conduzir entrevistas com autores-músicos.

Logo, os entrevistados serão nomes da história musical de Minas que reverberam no Brasil e no mundo. Porque entre eles Túlio Mourão, Chico Amaral, Juarez Moreira, Maurício Tizumba e muitos outros.

Os destaques para a apresentação do talento do compositor e violinista Guinga, e do pianista Jonathan Ferr.

Aliás, a também instrumentista Jeniffer Souza; a pianista mineira Carla Sceno. Além disso, o lançamento do álbum Seiva do Duo Mitre com diversas participações especiais.

Haverá também o Congresso Acadêmico Pensar Música em parceria com a Escola de Música da UFMG, e da Escola de Música da UNIRIO.

Serviço:

Savassi Festival 2021: de 21 a 31 de outubro/2021

Programação completa: https://www.savassifestival.com.br/home/

Capa: Fred Selva e Felipe Continentino

Fonte: Savassi Festival |  Noir Comunicação

Leia também: Eventos de experiência aceleram no pós pandemia

Juliana Umbe̊lino

Escritora e social media, atua com revisão e produção de conteúdo para web. Editora de SEO para WordPress há mais de 9 anos. CEO na @vemprapalante. É autora publicada pela editora Qualis. Ministra palestras sobre web, mídias sociais e influenciadores. Além disso é apaixonada por livros, filmes, séries, quadrinhos, teatro e música (principalmente folk e rock'n'roll). É uma nerd raiz, por assim dizer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo