Teatro

Peça de teatro originalíssima estréia no Rio

Pela primeira vez no Rio, comemorando 10 anos de trajetória artística

Peça de teatro originalíssima estreia no Rio.

Durante a temporada, o público será convidado desde já, a conhecer o caminhão da Cabelegria.

Projeto Social voltado à doação de cabelo e confecção de perucas para pessoas em tratamento quimioterápico. Dessa forma, em ‘UM OUTRO OLHAR’, todos ficam completamente no escuro.

São portanto, convidados a usar os outros sentidos. Justamente, além da intuição, para vivenciar a peça.

O desenvolvimento dos sons, vozes, aromas, assim como, sensações táteis, são utilizados para colocar o público imerso na trama”, revela o diretor Paulo Palado, que além de atuar, também assina texto, direção e trilha sonora da peça.

Curta temporada

Ana Righi (atriz vidente) e Sara Bentes (atriz com deficiência visual), completam o elenco do espetáculo. A Companhia Paulista Teatro Cego é formada por 15 profissionais.

Peça de teatro originalíssima estréia no Rio
Peça de teatro – Foto Barata Produções – Divulgação – Arquivo Pessoal

Entre eles:

Autor, diretor, produtores, equipe técnica, 4 atores videntes e 4 atores com deficiência visual.

Por outro lado; o espetáculo realizará curtíssima temporada, de 3 a 6 de março, de quinta a domingo, com 10 a apresentações gratuitas, no Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto.

Eventualmente, o texto conta a história de uma empregada doméstica e sua patroa que, passam por um tratamento de câncer, simultaneamente.

Momentos diferentes

Portanto, as duas personagens estão em momentos diferentes da doença, com a empregada praticamente curada e a patroa iniciando a quimioterapia.

A relação dessas duas mulheres mostra as diferentes posturas e dificuldades que pessoas de classes sociais distantes têm diante desse desafio.

Desse modo, a compreensão das condições de cada uma delas faz nascer uma amizade que se torna a principal ferramenta de luta contra a doença.

cenários e objetos de cena

Por exemplo, realizada na escuridão, o objetivo da peça é instigar a percepção, fazendo com que o tema proposto seja tratado com mais sensibilidade e aprofundamento.

Todavia, os espectadores são distribuídos entre cenários e objetos de cena, aproximando o público do elenco, que circula entre as cadeiras.

De fato, a plateia vidente é estimulada a experimentar as mesmas sensações de pessoas com deficiência visual.

“A trama transcorre com muita leveza, bom humor e sensibilidade, levando a uma reflexão que aprofunda a discussão sobre aspectos emocionais, sociais e comportamentais do câncer”, assim, detalha Palado.

ONG Cabelegria

Por outro lado, o caminhão da ONG Cabelegria acompanha o espetáculo em todas as apresentações e estará estacionado junto ao Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto.

Enquanto UM OUTRO OLHAR estiver em cartaz, será possível doar cabelos para confecção de perucas destinadas a pessoas que estejam em tratamento de quimioterapia, estimulando a autoestima, fundamental durante o período de tratamento contra o câncer.

Ficha técnica:

Texto: Direção e trilha sonora – Paulo Palado
Elenco: Ana Righi, Sara Bentes e Paulo Palado
Sonoplastia: Felipe Herculano
Produção Executiva: Luiz Mel (C-Três Projetos Culturais)
Produção Executiva: Lourdes Rocha (C-Três Projetos Culturais)
Chefe de Produção: Carlos Righi
Técnicas: Zan Martins e Rosana Antão

Serviço:

Local: Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto
Endereço: Rua Humaitá, 163 – Humaitá

Datas e horários:

Dias 03 e 04 de março (duas sessões por dia), às 18h e 20h.
Dias 05 e 06 de março (três sessões por dia) às 15h, 17h30 e 20h.

Ingressos:

Antes de tudo, os Gratuitos começam a ser distribuídos 1 hora antes de cada espetáculo, por ordem de chegada, através de senhas. Assim, só será distribuída uma senha por pessoa.

Ou seja, 30% dos ingressos serão direcionados para instituições ligadas ao câncer. Além disso, os que não forem utilizados pelas instituições serão distribuídos para o público em geral.

Classificação indicativa: 12 anos

Nos dias 03 e 04 de março o caminhão da Cabelegria atende para receber doações de cabelo e doar perucas das 14h às 21h.

Nos dias 05 e 06 de março o caminhão da Cabelegria atende para receber doações de cabelo e doar perucas das 13h às 21h.

Teatro Cego: www.teatrocego.com.br

Cabelegria: www.cabelegria.org

Peça de teatro originalíssima estreia no Rio.

Foto: Barata Produções – Divulgação – Arquivo Pessoal

Fonte: Barata Produções
Assessoria de Imprensa

Leia sob o mesmo ponto de vista também: MSC Cruzeiros oferece uma seleção imperdível

Claudia Cataldi

Jornalista Formada, MTB-26853, Publicitária, Radialista, Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais, com vasta experiência nas três esferas de Governo. Foi bolsista pela ONU em Israel. Morou em Cuba, México e EUA. Trabalhou na: TV Globo, Record, Band e CNT. Imortal por 5 Academias de Letras, RJ, SP, MG, NY e Portugal. Atualmente apresenta programa na TV ALERJ, a TV da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e ministra classes na ELERJ-Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. O espetáculo é uma caixinha de surpresas sensoriais. Obrigada à Cia. TEATRO CEGO pela oportunidade que tive de experimentar “Um Outro Olhar”.
    Impressionante a forma de utilização da Lei Rouanet, muito bem aplicada à esse espetáculo, permitindo acesso gratuito ao público e, além disso, vincular doação de perucas e cabelos para novas perucas, através do Cabelegria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo