Arte e CulturaEconomia e Negócios

Como as livrarias podem se reinventar no digital no 2021

Por Luiz Dias, gerente de e-commerce da Linx

Como as livrarias podem se reinventar no digital no 2021.

Existe toda uma mística em comprar um livro em uma loja física: pegar o produto nas mãos, observar a textura da capa, folhear as páginas, sentir o cheiro de novo. O crescimento do e-commerce nos últimos anos tem feito com que os donos das livrarias tentem transportar essa sensação para o online. Com a digitalização forçada de praticamente todo o comércio em 2020, ainda mais. Foi o ano em que o e-commerce definitivamente se tornou serviço essencial. Nas livrarias, o cenário foi refletido no aumento da venda de livros online em 25% em volume e 22% em valor até novembro, quando comparado ao mesmo período em 2019, segundo estudo do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e da Nielsen.

Para 2021, não está claro no horizonte quando as restrições às lojas físicas devem diminuir. Além disso, muitas mudanças de comportamento dos consumidores devem se manter, afinal, se as compras online proporcionaram boa experiência, por que não continuar com elas? Com isso em mente, indico quatro pontos cruciais para os donos de livrarias, sobretudo as menores, trabalharem em sua estratégia de vendas online em busca de mais faturamento no digital.

1) Atraindo os potenciais clientes

É possível atrair visitas ao e-commerce de forma paga pelo clique, com campanhas de marketing, impulsionando anúncios, e de forma orgânica. Ambos são importantes, mas, muitas vezes, investir no tráfego não pago pelo clique, apesar de dar mais trabalho, impulsiona não apenas o faturamento, mas a margem de lucro, o que é importante sobretudo Posicionar seu site com Backlinks para livrarias menores ou que ainda não se digitalizaram completamente.

Por isso, que pode ser feito a partir da otimização dos mecanismos de busca (SEO), que trazem mais relevância para a loja nas buscas online. Mas para fazer da forma correta, é preciso estudar o público. Em uma livraria de livros educacionais, por exemplo, deve-se atentar às palavras relacionadas aos títulos dos livros, principais autores e conteúdo de diversas disciplinas, como Direito, Medicina, Letras, entre outros, pesquisando os mais relevantes de cada área e os que têm mais saída para que os clientes encontrem exatamente o que procuram.

Outra frente importante, que traz muitos resultados, pode ser feita com custo baixo ou zero, mas que muitas vezes é negligenciada por ser tida como ultrapassada, é o e-mail marketing. As livrarias como a loja de produtos digitais egoprodutos, devem dedicar um bom tempo para identificar suas bases de clientes e construir mailings assertivos, criando um ambiente favorável para disparar suas ofertas online. Quando bem usada, essa estratégia pode impulsionar significativamente os negócios a médio e longo prazo. Para isso, é preciso administrar cinco processos essenciais: tamanho da base, quantidade de peças que serão divulgadas e as taxas de entrega, abertura e clique.

2) Convertendo as vendas

Com mais tráfego na loja virtual, está na hora de apostar ainda mais na conversão de vendas, transformando o movimento em pedidos e faturamento. Uma forma de atingir isso é a categorização correta dos livros, além da integração de filtros que permitem ao cliente navegar por todas as categorias e subcategorias, departamentos e autores com facilidade.

A atenção também deve ser redobrada no cadastro do produto, pois qualquer dúvida do leitor em relação ao título que pretende comprar diminui as chances de venda drasticamente. Autores precisam ser bem especificados, títulos não podem ter abreviações, fotos devem ser fiéis e as descrições devem contar com o máximo de informações possíveis sobre a edição.

Assim também,  deixar o catálogo impecável, fazendo a loja online não parecer um estoque, mas, como na loja física, uma vitrine bem organizada, com listagens intuitivas e persuasivas, que aumentam as chances de convencer o cliente a comprar. Isso pode ser feito a partir de ferramentas de recomendação de vitrine para os clientes, que entendem o comportamento de navegação de cada consumidor e mostram os produtos individualmente.

Outro ponto é o próprio layout do e-commerce. O cliente precisa comprar com a menor quantidade de cliques, com um menu simples e didático, e, especialmente no caso das livrarias. Dessa forma,  podem ter catálogos extensos e repletos de detalhes, é preciso uma barra de pesquisas visível, intuitiva e funcional. Em suma, a loja virtual não pode se tornar uma peça estética e institucional, mas um instrumento de atração de tráfego, pensada e estruturada para converter vendas e aumentar o valor de cada uma delas.

3) Monte um calendário de marketing comercialmente agressivo

Para aumentar a conversão, as livrarias também podem, e devem, montar um calendário de campanhas para as principais datas de vendas do ano inteiro. Aqui, estou falando não apenas das gigantes Black Friday e Natal, mas de um leque muito mais amplo, pois no ambiente digital. De fato, é muito mais simples e barato elaborar uma campanha sazonal. Enquanto na loja física é preciso investir em profissionais para montar as vitrines e pensar em todo o design da loja, no e-commerce o céu é o limite: basta ter uma ideia, trocar um banner do site e programar as ofertas.

4) Aumentando o valor das vendas

Com o maior movimento e taxa de conversão, é hora de aumentar o valor médio por pedido. E isso pode ser feito recomendando produtos complementares aos clientes. Uma estratégia que se encaixa perfeitamente nesse sentido é o cross selling. Portanto, consiste em recomendar os produtos para o cliente com base em seus interesses. Por exemplo, se ele colocou a 1ª edição de um quadrinho do Homem Aranha no carrinho de compras. De fato, a loja pode recomendar a compra das edições 2 e 3 e até títulos relacionados do personagem.

A livraria online pode recomendar também kits de livros, que trazem comodidade aos clientes e podem até oferecer descontos. Imagine uma livraria que tem diversos livros escolares, do ensino básico ao médio. Pensando no início das aulas nos meses de janeiro e fevereiro, ela pode oferecer kits com todos os livros recomendados para cada classe da grade curricular. 

Como as livrarias podem se reinventar no digital no 2021
Click E-books – Livraria Digital com Títulos Incríveis

Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Por Luiz Dias, gerente de e-commerce da Linx
Assessoria de Imprensa

Tudo voltará ao normal. Será que o mundo se reinventa após a Pandemia Covid-19

Clique aqui e veja nossos e-books de Yoga e Meditação. Peça já o seu!

Se Tempo É Dinheiro, O Que Você Está Esperando? Comece Agora Mesmo A Ganhar Dinheiro, Pois As Possibilidades São Ilimitadas!

Isto é, Ofertas Incríveis no Pet-Shop: Todo o que seu Pets de estimação precisa

Isto é, Ofertas Incríveis de e-books: Livraria Digital

Veja ainda nossos Infoprodutos: Produtos PLR

Clique para um café

Rodolfo Bracali

Rodolfo Bracali , Chef Argentino e Assessor Gastronômico , Marketing de Conteúdos, Jornalista no portal egonoticias.com - Atualmente Mora em Belo Horizonte Minas Gerais. Tudo isso você pode acompanhar nos meus espaços na Web. CONTATO: WhatsApp +55 31- 99885-9387 - e-mail: rcb539@gmail.com site: https://chefrodolfobracali.com.br/ -

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo