Arte e Cultura

Breaking do Verão une esporte, cultura urbana e música

Competição internacional de breaking contará com palestra, oficinas de dança de rua e workshop

Breaking do Verão une esporte, cultura urbana, música e atitude no Parque Madureira

Competição internacional de breaking contará com palestra, oficinas de dança de rua e workshop

Primeiramente, participam da competição os b-boys Luan San, brasileiro que ficou em quarto lugar no Mundial de Paris, e Lagaet, um dos principais atletas da França; além das b-girls Savaz, cria do Rio que integra a Comissão de Atletas de Breaking do Ciclo Olímpico, e a alemã Jilou, medalha de bronze no Mundial.

Breaking do Verão

Assim então, o Rio de Janeiro está prestes a se tornar a capital nacional do breaking, estilo de dança que estreará como modalidade olímpica em Paris 2024 e que traz boas promessas de medalhas para o Brasil.

Nos dias 19 e 20 de fevereiro, o Parque Madureira, um dos bairros de maior representatividade de cultura urbana na cidade, vai abrigar a primeira edição do ‘Breaking do Verão’, competição internacional de breaking realizada pela agência Fábrica e que unirá os pilares da Cultura Hip-Hop como breaking, grafite, música e claro, muita dança, além de oficinas e workshop.

O evento conta com o patrocínio Máster da Redley, patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS, que já iniciou a transformação de Madureira como zona de cultura e também o apoio permanente à cultura do breaking, com a intenção de criar políticas públicas pensadas exclusivamente para o breaking, além do apoio da Red Bull e Dorflex.

Dessa forma, estilo de dança de rua, que se popularizou nos anos 70 no Bronx, em Nova York, o breaking é um dos elementos que compõe a Cultura Hip Hop. É cultura e uma filosofia de vida. Assim como o skate e surf, o breaking possui seu próprio “Life Style”. A nova modalidade olímpica tem sua própria música, arte e dança.

Assim também, “O Breaking do Verão chega para dar mais visibilidade a essa nova modalidade olímpica sem perder a verdade.

Acreditamos que essa competição irá fazer com que as pessoas conheçam mais a fundo a cultura e o que está por trás dessa dança desportiva. O breaking é uma ferramenta de transformação fortíssima e queremos trazer esse olhar para as pessoas” afirma Fernando Bó, idealizador do Breaking do Verão.

Música e atividades culturais

Além disso, Breaking e música andam juntos, e os nomes que estarão à frente das carrapetas no evento serão o DJ carioca Def e DJ Mf.  Logo então, as batalhas serão comandadas pelo MC Lucio Pedra, carioca referência na cena local de breaking e pela MC Aline. Diversas atividades culturais terão espaço no evento.

Workshop

Da mesma forma, haverá workshop comandado pelo b-boy americano Ronnie, bate-papo com o dançarino, coordenador do CJ Hip Hop e articulador social b-boy Max, oficina de Locking com JP Black Soul, professor de dança no Complexo do Alemão e fundador do Funkeados (primeiro grupo Funkstyle do Rio de Janeiro), e de Passinho com os Imperadores da Dança, um dos maiores grupos de passinho, criado em 2008, no Jacaré, zona norte do Rio, além da apresentação do Cypher Kids, projeto de Danças Urbanas voltado para crianças e adolescentes e dirigido por Zulu Djtecnykko (Presidente do Centro de Desenvolvimento de Atributos Urbanos). Afinal, a apresentação do Cypher Kids irá abrir a competição.

Breaking do Verão une esporte, cultura urbana e música
B-boy Ronnie – Foto: Kien Quan Red Bull Content Pool
A curadoria

Logo então, com curadoria técnica de Pelezinho, b-boy que cresceu em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e que se tornou o responsável por colocar o Brasil no mapa mundial do breaking, sendo o primeiro brasileiro a participar de um campeonato internacional, o Breaking do Verão terá a participação de 32 atletas, sendo 16 b-boys e 16 b-girls.

Breaking do Verão une esporte, cultura urbana e música
Pelezinho – Foto: Larissa Kelli
Os competidores

Ainda mais que, serão 12 b-boys brasileiros: B-boy Luan San (@luansan_ff), que fez história recentemente no Mundial de Breaking realizado em Paris e ficou em 4º lugar na competição defendendo o Brasil, b-boy Kapu (@kapu_araujo), também integrante da Seleção Brasileira de Breaking, b-boy Xandin (@chandon_rngz13), atual campeão da Red Bull BC One Nacional, b-boy Sinistro (@sinistroflava), b-boy Allef (@allef.br), b-boy Khaled (@khaledbrown), b-boy Samuka (@bboysamuka), que teve uma perna amputada em decorrência de um câncer, b-boy Jonathan Nogueira (@jonathannogueirax), b-boy Branco (@_brancomadkilla), b-boy Leony Pinheiro (@leonypinheiro), b-boy Tchantcho (@bboytchantcho) e b-boy Till (@cleiltontill_).

E 4 estrangeiros:

De acordo com, B-boy Lagaet (@bboylagaet), um dos principais atletas de Breaking da França, B-boy Bumblebee (@bumblebee_outstanding), b-boy russo atual campeão dos Jogos Olímpicos da Juventude realizados em 2018 em Buenos Aires, b-boy Sunni (@sunnifourfizzy) da Inglaterra e b-boy Kid Colômbia (@kidcolombia_), colombiano que vive na Holanda.

As b-girls brasileiras também serão 12:

Ao mesmo tempo, B-girl Savaz (@savazt), uma das principais cariocas na cena, que faz parte das crews Flow 021 e HotStepper e integra a Comissão de Atletas de Breaking do Ciclo Olímpico 2024, 7 integrantes da Seleção Brasileira de Breaking:

Por exemplo, Breaker It’sa Gonçalves (@its_notagirl), atleta não-binário atual campeão nacional do Red Bull BC One, b-girl Nathana (@nathanabgirl), b-girl Mini japa (@mayara_collins_oficial), b-girl Maia (@maia.juliamaia), b-girl Toquinha (@bgirltoquinhafdr), b-girl Pekena (@pekenabgirl) e Karolzinha (@bgirlkarolzinha). Além das b-girls Karyn (@bgirlkaryn), Darlen Keti (@darlenketi), Nay (@bgirl_nay) e Keka (@kekamdh).

Mais 4 estrangeiras completam o line-up:

B-girl Jilou (@bgirljilou), alemã medalha de bronze no Mundial de Breaking realizado em Paris.

b-girl Madmax (@bgirlmadmax) da Bélgica, b-girl Vanessa Marina (@vanessamarinabgirl) de Portugal e a colombiana b-girl Luma (@breakgirl_luma).

Assim então, a competição terá início no sábado, com as realizações das oitavas e quartas de final. No domingo, serão disputadas as semifinais e finais.

Os Jurados

Segundo, o corpo de júri será formado por:

FabGirl (@fabgirl_bsbgirls), criadora da primeira Crew do Distrito Federal só de mulheres.

Andrezinho (@andrezinho73), b-boy Pedrin Brum (@pedrinbrum) e os b-boys internacionais b-boy Ronnie dos Estados Unidos (@ronnie_ff) e o b-boy Hill do México (@bboy.hill).

Transmissão

Afinal, o Breaking do Verão será transmitido ao vivo na TV Globo no dia 20 de fevereiro a partir das 10h, no Esporte Espetacular. Essa é a primeira vez que um evento de breaking é transmitido em TV aberta.

Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal
Fonte: Marina Avellar
Assessoria de Imprensa

Jornalista: Ranai Lima

Siga Ranai Lima no Insta

GOD SAVE THE FASHION 360° 

Ranai Lima

Nascida em São Paulo - Capital. Formada em Jornalismo e Atualmente Autora no portal de egonotícias.com desde 2021

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo