Comportamento

Adolescente não sai do quarto? Entenda!

O que está acontecendo com seu filho adolescente e o que você pode fazer

Por que meu filho não sai do quarto?

Quando um adolescente se tranca no quarto, ele está construindo uma nova identidade, procurando se conhecer. Nesse espaço, acima de tudo, ele pode se expressar com liberdade, usufruir de sua necessidade de intimidade, redescobrir o seu corpo com todas as modificações. Nessa fase, ele também tem o seu despertar sexual, tem mais sono e sente necessidade de privacidade.

No entanto, é preciso ficar alerta em relação à frequência que isso acontece. “Quando o adolescente adora se isolar, mas continua executando todas as tarefas normalmente, não devem haver grandes preocupações. Ele frequenta a escola, faz as lições e trabalhos solicitados, tem amigos, tem vida social, divide seu tempo entre estudar, fazer tarefas, se divertir, namorar, viajar e passar pelo menos um pouquinho desse tempo com a família. Então, ele é um adolescente modelo”, explica a psicanalista, Cinara Cordeiro.

Sinais de Alerta

A preocupação deve começar quando o adolescente, além de se isolar da família, também se isola dos demais. Fica apático, dorme muito mais que o necessário e apresenta disfunções claras com relação à sociedade. “Nesses casos, os pais devem agir e procurar ajuda clínica”, acrescenta.

Os pais também reclamam da mudança repentina de humor. “É difícil os entender dessa maneira, porém, para o adolescente, também é difícil entender a si próprio. Além disso, devemos nos lembrar que eles não são crianças e não são adultos, estão construindo a si mesmo e estão testando todos os caminhos”, alerta Cinara.

Regras e limites

Estabeleça limites e regras que sejam boas para os dois lados. Se for importante para você, estabeleça refeições com a família, uso do celular, do computador, horários para chegar em casa depois da balada. “Faça regras que te satisfazem. Mas levando em conta as suas necessidades e as dele. Mostre a ele que você se importa, que o respeita como um ser humano”, frisa.

Seja como for, não há problema em deixar claro para o seu filho que sua casa é um lugar para estabelecer harmonia, convivência e interação. “Somente faça isso com amor, assim, respeito e bom senso. Respeite o seu filho e ele irá respeitar você”, finaliza a especialista.

Adolescente não sai do quarto? Entenda!
Foto: Divulgação

Cinara Cordeiro, Psicanalista e Terapeuta familiar – @orientar_cinara.oficial.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Fotos: Pexels – Divulgação / Arquivo Pessoal

Leia também: Equipe precisa de gestão de conflito

Juliana Umbe̊lino

Escritora e social media, atua com revisão e produção de conteúdo para web. Editora de SEO para WordPress há mais de 9 anos. CEO na @vemprapalante. É autora publicada pela editora Qualis. Ministra palestras sobre web, mídias sociais e influenciadores. Além disso é apaixonada por livros, filmes, séries, quadrinhos, teatro e música (principalmente folk e rock'n'roll). É uma nerd raiz, por assim dizer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo