AgronegóciosCriptomoedasEconomia e Negócios
Tendência

Um quarto do PIB em agronegócio agora com moeda digital

O mundo caminha para o mercado de criptoativos, e o agronegócio não pode ficar de fora

Um quarto do PIB em agronegócio agora com moeda digital.

O mundo caminha para o mercado de criptoativos, e o agronegócio não pode ficar de fora

Moeda Digital

Investidores e produtores ligados ao agronegócio europeu, desenvolveram uma moeda digital denominada AgroCash-x, 100% independente de uma entidade administradora central, bem como, a moeda é também independente de qualquer pessoa jurídica (CNPJ), sendo o seu valor determinado pelo próprio mercado de criptomoedas, segundo notícias vinculadas a moeda digital, a ideia é fortalecer e proteger o agronegócio diante das políticas cambiais e tributárias equivocadas e desastrosas, que prejudicam a produção rural e desencadeiam na alta de preços nos alimentos das prateleiras dos mercados de todo o mundo.

Um quarto do PIB em agronegócio agora com moeda digital
AgroCash-X – Foto: Divulgação / Acervo Pessoal

Ainda mais, que, “O mundo caminha para o mercado de criptoativos, e o agronegócio não pode ficar de fora”, segundo relato do empresário português e um dos idealizadores do projeto, Hélder Pinto e Costa Junior; e ainda afirma: “Países da América Latina como Brasil e Argentina ganharam muito com a valorização e a constituição do AgroCash-x no mercado, pois estão sofrendo muito com a desvalorização de suas moedas na compra de insumos agrícolas que são determinados pelo preço do dólar”.

Investimento da moeda

A moeda foi lançada oficialmente nesta ultima Quarta-feira  (16/06), inicialmente na plataforma PancakeSwap, ou seja, ligada à maior Exchange de criptomoedas do mundo Binance Smart Chain. Já há movimentações nas redes sociais de investidores e day traders que assim, se interessaram pela criptomoeda, pois veem um potencial de investimento na moeda pela sua proposta e pelo que poderá se tornar caso toda comunidade agrícola internacional a abrace. Além disso, o mercado do “Agronegócio cresceu 24,3% em 2020 e responde por mais de um quarto do PIB do Brasil, diz a renomada CNA ”.

Afinal, tanto a cadeia produtiva da agricultura quanto da pecuária tiveram expansões expressivas em 2020, avançando 24,2% e 24,56%, respectivamente, e por isso, está sendo impulsionada por uma alta de preços e safras recordes.

Um quarto do PIB em agronegócio agora com moeda digital
AgroCash-X – Foto: Divulgação / Acervo Pessoal
Isto é, todos os segmentos da cadeia produtiva do agronegócio brasileiro no geral tiveram alta em 2020:
  • Setor primário – atividade dentro das fazendas (+56,59%);
  • Agrosserviços (+20,93%);
  • Agroindústria (+8,72%);
  • Insumos (6,72%).
criptoagrocash – Foto Divulgação

Assim, “O desempenho do PIB do agronegócio reflete a evolução da renda real do setor, em que são consideradas as variações tanto de volume quanto de preços reais”, informou a CNA.

Enfim, quem quiser conhecer mais sobre a AgroCash-X é só acessar o nosso site e as redes sociais.

Site: http://cryptoagrocash.com/

Instagram: https://www.instagram.com/cryptoagrocash/

Twitter: https://twitter.com/cryptoagrocash

Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal

Fonte: Ranai Lima
Assessoria de Imprensa GOD SAVE THE FASHION 360°

Jornalista: Ranai Lima

Siga Ranai Lima no Insta

Veja mais: A primeira mulher no piseiro já domina os charts de sucesso

Quais criptomoedas são aceitas pelo portal Ego Notícias?

Um quarto do PIB em agronegócio agora com moeda digital
Criptomoedas – Foto Divulgação

Confira alguns exemplos de Pares de Moedas de negociações que estamos aceitando:

Os pagamentos poderão ser feitos com ADA – Ada Cardano, BTC – Bitcoin, BNB – Binance Coin, DOGE – Dogecoin, ETH – Ethereum, LTC – Litecoin, XRP – Ripple e USDT – Tether.

Outros pares de moedas sobre consulta.

CONVERSÂO E CALCULADORA DE CAMBIO DAS CRIPTOMOEDAS:

Veja Como empreendedores de todo mundo estão ganhando dinheiro?

Confira na nossa loja virtual

Compre e venda criptomoedas em minutos. Junte-se a maior troca de criptografia do mundo

Ranai Lima

Nascida em São Paulo - Capital. Formada em Jornalismo e Atualmente Autora no portal de egonotícias.com desde 2021

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo