ArquiteturaUrbanismo

Mille, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir

A frente do escritório Meu Lugar, Mille Casagrande, nos mostra o quanto é importante uma arquitetura com essência e significado

Mille Casagrande, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir

Antes de mais nada, Thamille Casagrande, nascida no interior do Paraná, conta que começou sua trajetória profissional cursando Engenharia Civil. Mas, algo sempre a incomodava, pois sempre que se via trabalhando não era como engenheira que Mille se enxergava, e sim como arquiteta.

“Na época eu não compreendia, mas hoje sei que meu interior já pulsava por fazer a diferença na vida das pessoas por meio da arquitetura.” – relembra Mille Casagrande.

Arquitetura e Urbanismo

Foi então que, Mille transferiu seu curso para Arquitetura e Urbanismo na UTFPR Curitiba.

Se formando assim então em 2017, e logo já em 2018, a arquiteta iniciou seu mestrado em Engenharia da Construção Civil, na área de sustentabilidade pela UFPR.

“Neste período trabalhei em uma empresa em que prestávamos serviço para outras arquitetas e foi ali que percebi como muitas deixavam a desejar em termos de cuidado com o cliente. Isso despertou meu desejo de empreender, pois cuidado e empatia são valores que moram em mim, e penso que seja algo extremamente importante para um arquiteto, o profissional que cuida de algo tão importante na vida das pessoas: os seus lares.” – conta Mille, para nossa jornalista Ranai Lima.

Mille Casagrande, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir
Projeto pela Arquiteta Milla Casagrande – foto: Divulgação/acervo pessoal
Meu Lugar

Assim então, por conta de visualizar esta deficiência no mercado, nasceu a Meu Lugar.

O escritório de arquitetura que acredita e preza pela arquitetura com sentido.

Dessa forma, Meu Lugar acredita que a arquitetura tem o poder de influenciar a vida das pessoas, e se tratada com cuidado e empatia, pode gerar uma sensação única de pertencimento e bem-estar.

Além disso, seu propósito é fazer com que o seu lar seja o seu melhor lugar do mundo!

Mille Casagrande, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir
Projeto pela Arquiteta Milla Casagrande – foto: Divulgação/acervo pessoal

A Arquitetura

Afinal, a arquitetura é um espaço de conexão. Somos impactados e afetados o tempo todo pelos lugares em que passamos. Por isso, nossa casa deve ser o lugar em que buscamos descanso, refúgio e bem-estar. Nossa relação com esse espaço produz sentimentos e memórias, afetando nossa rotina, por isso, deve ser pensado com muito cuidado; com real intenção de gerar conexão com quem ali viverá, para que assim possam ter mais qualidade de vida.​

Assim, Mille, busca conhecer a história e gostos de cada um de seus clientes para criar projetos únicos e fazer com que se sintam verdadeiramente pertencentes aos seus lares.

“Para mim, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir.” – explica Mille.

Sobretudo, para atuar na forma como seus clientes se sentem em seus lares, a arquiteta se baseia em 3 pilares que caracterizam sua marca:

Mille Casagrande, arquitetura não é sobre ver, é sobre sentir
Projeto pela Arquiteta Milla Casagrande – foto: Divulgação/acervo pessoal
Sensorial

Então, Mille acredita que o bem-estar que o espaço proporciona é tão importante quanto sua funcionalidade. Se espirando assim então, nas relações com a natureza para criar espaços cheios de vida e significado para seus habitantes.

Afetiva

O afeto, as emoções e as relações humanas estão presentes no lar. Quando olhamos para um espaço enxergamos emoções, histórias, a vida que acontece no dia a dia. Mille deseja que a casa seja um lugar de refúgio e conforto para seus moradores.

Autêntica

Com muita criatividade, Mille, desenvolve projetos ricos em detalhes, únicos e que traduzem a identidade de seus ocupantes. Para chegar num resultado verdadeiramente autoral, a arquiteta precisa estar atenta aos gostos, histórias e personalidade de cada morador.

Afinal, seu propósito é muito claro a partir da visualização de seus projetos.

“Criamos um conceito para cada um deles, baseado na história de nossos clientes. Cada casa tem um nome e um texto que a descreve.” – afirma Mille.

Criando conexão

Dessa forma, criando conexão com o cliente por meio da leitura de sua personalidade, e assim conseguindo mergulhar mais profundamente em um projeto que terá a cara dele! É algo incrível, pois a ajuda a entrar a fundo na história dele, e o mais importante: cria uma conexão forte entre ele e seu lar. Então ele olha para cada detalhe da casa, e lembra o que eles representam em sua vida.

“Para que isso se concretize, é muito importante a escuta ativa. Assim, com um olhar atento e cuidadoso traduzo os gostos, histórias e valores de meus clientes em projetos autênticos que são capazes de gerar uma sensação única de pertencimento e bem-estar.” – finaliza Mille Casagrande.

Acompanhe seu trabalho

Acesse: @meulugar.arq

Fotos:  Divulgação / Acervo pessoal

Fonte: Assessoria de Imprensa

Siga Ranai Lima no Insta

Veja mais: PV Arquitetura, uma maneira diferente de construir seu lar

GOD SAVE THE FASHION 360° – Agência de Publicidade

Ranai Lima

Nascida em São Paulo - Capital. Formada em Jornalismo e Atualmente Autora no portal de egonotícias.com desde 2021

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo