Economia e Negócios

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses

Criada na pandemia com o objetivo de conectar marcas

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses.

Assim, a B.done foi criada na pandemia com o objetivo de conectar marcas, agências e veículos de mídia, a B.done levantou mais de 12 milhões em negócios neste período

As mudanças trazidas pela pandemia durante esse ano criaram um cenário de transformação digital que estimula as marcas a reinventarem suas estratégias para conectar com seus públicos e manterem-se competitivas. Nesse contexto, vimos a criatividade como recurso fundamental para as empresas, que precisaram rapidamente adaptar-se num contexto inesperado.

Essas mudanças foram o combustível para o nascimento da B.done. Empresa que conecta marcas de diversos segmentos e portes a uma comunidade de parceiros de marketing. E que incluem agências com diferentes serviços e veículos de mídia.

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses
Dinheiro – Foto Divulgação

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses

De um lado as agências e veículos de mídia têm as ferramentas, as mentes criativas e a capacidade de transformar ideias em realidade. Porém, muitas vezes enfrentam dificuldades na geração de negócios, e do outro lado, as marcas possuem desafios de marketing e vendas. Mas tem dificuldade de encontrar parceiros e soluções aderentes a sua realidade ou objetivo. Assim, compreendendo esses cenário, a B.done conecta as duas pontas. Isto é, quer seja através de processos de prospecção para as agências ou através de um diagnóstico ou briefing com as marcas.

Dessa forma, o mercado de marketing e mídia oferece maneiras diferentes de resolver os mesmos problemas. E as marcas tem dificuldade de contratar a solução ideal. Portanto, É comum vermos as lideranças de marketing sentirem-se um pouco perdidas sobre os melhores parceiros e soluções para os seus desafios de marketing e vendas. Depois de uma longa busca, ainda enfrentam inseguranças sobre quem e o que contratar para suas metas de negócio. Nesse sentido, nós entendemos cada desafio que chega, fazemos uma curadoria no mercado e voltamos com os parceiros mais aderentes a realidade, budget, maturidade e desafio de cada marca”, explica Cáh Morandi, CEO da B.done.

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses

Cáh ainda exemplifica: “se uma marca chega com um desafio de trabalhar seu posicionamento, uma agência de PR apresentará soluções voltadas a PR, enquanto uma agência digital oferecerá ações voltadas as redes sociais, SEO e mídia. As duas opções são plausíveis e podem fazer sentido, porém, são muito diferentes, o que causa insegurança nas lideranças de marketing. Nós trazermos coerência, produtividade no processo, e damos segurança para o gestor de marketing colocar seu budget no lugar em que terá o melhor retorno para o seu desafio”.

Desafio

Do mesmo modo, diante do desafio de iniciar um empreendimento em meio à crise a B.done tem crescido e já conta com 16 clientes. “Durante os oito meses de atuação no mercado, tivemos 3,5 milhões transacionados em contrato entre marcas, agências e veículos além de um pipeline de previsão de negócios de mais de 12 milhões para o primeiro trimestre de 2021. Além disso, o time também cresceu. “Fomos de três fundadoras em abril para 8 pessoas dedicadas no time em dezembro, e todas mulheres – que aliás, é um aspecto muito importante para nós. E seguimos contratando.”, afirma a co-founder da B.done, Débora Brauhardt.

Enfim, para Débora, o diferencial que impulsionou o crescimento da B.done é a bagagem das fundadoras à frente de negócios na indústria criativa, somada a necessidade latente das marcas se reinventarem e encontrarem bons parceiros para ajuda-las nesse processo. “Pela primeira vez na história o marketing assume protagonismo num momento de crise, e isso diz muito sobre o que o futuro espera de nós: manter-se competitivo e alcançar resultados expressivos de marca e vendas depende diretamente da criatividade e das relações humanas”, complementa.

Dentre os projetos para 2021 estão a consolidação do posicionamento e branding da empresa. Além da evolução da base de dados para um produto de inteligência da indústria de marketing e mídia para ganhar escala em receita. Dessa forma, “No próximo ano queremos contribuir com serviços e produtos que darão inteligência e previsibilidade de receita para o mercado de marketing e mídia.”, conclui Cáh Morandi.

Sobre a B.done

Na B.done a liderança é compartilhada por duas mulheres. A founder Carine Morandi, mestre em internacionalização de empresas, conta com uma sólida carreira na liderança de operações de vendas. Assim como, de canais em empresas de tecnologia e serviços como Resultados Digitais e Today.ag. Assim, A co-founder Débora Brauhardt é especialista em Criatividade e Inovação. Possui mais de 12 anos de carreira em estratégias de negócios, marketing, customer success. E, também, gestão e internacionalização em empresas como Parque Tecnológico Itaipu, Resultados Digitais e Octadesk.

Empresa fatura seu primeiro meio milhão em 8 meses

Na Mídia, DivulgaçãoFotos: Divulgação / Acervo Pessoal

Fonte: Ana Carolina Teixeira / Assessoria de Imprensa

Não deixe de lerAmeaça ao golfinho rotador pelo turismo desordenado

Veja ainda nosso ebook: Um corpo bonito é essencial

Conhece a loja do Na Mídia? Clique aqui

Uiara Zagolin

Jornalista, Editora do portal Na Midia, colunista no TNYN NY News, membro da FEBRACOS - Federação Brasileira dos Colunistas Sociais, Vice Presidente da APACOS, Imortal da Acadêmia de Letras Artes e Ciências de São Paulo. Com formação no Canadá, EUA e UK.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo