Gastronomia

Dicas para fazer um churrasco perfeito por um especialista

O churrasco sempre foi um dos pratos mais amados pelos brasileiros. E o que já era bom, ficou melhor. O churrasco ganhou status, novas versões e espaços em eventos corporativos, casamentos e até festas infantis. Para fazer um churrasco de dar água na boca não basta acender o fogo, salgar a carne e colocar na churrasqueira. Além desses itens, há que se levar em conta o número de convidados, perfil da festa, local e acompanhamentos.

churras, floripa, churrasco, dia do churrasqueiro, setembro, carnes, dicas, assar, escolha, temperos,
Churras Floripa – Divulgação

Para comemorar o Dia do Churrasqueiro (30/9), o mestre churrasqueiro Raphael Braai, do Churras Floripa, dá dicas para fazer um churrasco campeão. Segundo o especialista, o churrasco requer uma preparação antecipada. “A primeira coisa é evitar carne congelada. A carne precisa ter um aspecto viçoso, coloração vermelho-vivo e um pouquinho de gordura para dar mais sabor ao corte. Só lembrando que a carne catarinense é a mais segura do Brasil”, comenta Braai.

Leia também: Spring Week – Desfiles, Palestras e Workshops marcam a chegada da primavera

Confira algumas dicas do mestre churrasqueiro:

Cortes

Os mais indicados são picanha, fraldinha, contrafilé, alcatra, maminha e costela. Atenção porque cada carne tem um tipo de corte e um tempo diferente no fogo. O sumo da carne mal passada não é sangue, o líquido que sai da carne chama-se mioglobina e é rico em Ferro. Sempre deixe a carne repousar antes de cortá-la. “As carnes têm grande porcentagem de água e na churrasqueira a água está em ebulição por conta do calor, ou seja, a água está agitada dentro da carne e por isso o ideal é deixar a carne descansar antes de cortar. Ah, e evite bater a carne para conservar o sumo”, explica.

Fogo

Escolha um carvão de qualidade e com o auxílio do espeto espalhe o carvão. Coloque a carne na grelha ou espeto e asse até criar um suco sobre ela. Quando isso acontecer, vire a carne. “A carne nunca deve ser assada sobre o fogo, e sim sobre brasas. O espeto deve ficar a uns 40cm do fogo, para proteger a carne da alta temperatura e evitar que ela resseque”, declara.

Temperos

O sal é o principal. Mas o sal grosso já não é o favorito, sendo o sal de parrilla o mais apreciado. “Ele é um pouco mais fino que o sal grosso e já é encontrado em todos os supermercados”, completa. Espalhe por toda a carne e quando começar a transpirar retire o excesso com as mãos. Além do sal, cortes mais magros combinam com pimenta do reino. O alho combina com picanha e chuleta. Molhos para acompanhar também são uma boa sugestão.

https://www.facebook.com/cake.decor.1/
https://www.facebook.com/cake.decor.1/

Quer ter o seu banner nas minhas matérias para impulsionar o seu negócio?

Siga meu instagram: @deiasell e me chame no direct

https://liamalimentos.com.br/site/

 

 

Deia Sell

Jornalista, Pedagoga, Turismóloga, Pós-Graduada em Gestão Escolar em Nível Superior. Comunicativa e sempre antenada em tudo. Já assinou colunas de moda e de turismo com dicas de locais Friendly entre outros assuntos variados. Divulgar o Turismo, a Gastronomia e a Cultura fazem parte de seu currículo. Formadora de opinião e ótima interlocutora. Faz parte da equipe do EgoNoticias desde o seu início.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo