[Hotel Urbano] 970×250 – Eurotrip
[Patroni Pizza] 970×250 – Full Banner – DESK/TAB
Saúde e Bem-Estar

Implanter é um novo método para enxertar fios no couro cabeludo

implanter é um método seguro e eficiente para quem quer enxertar cabelo numa área calva

O implanter é um aparelho com múltiplas funções usado para o enxerto capilar. Permite através de um canal com agulha e uma incisão fazer a colocação do cabelo. É uma técnica indicada quando o cirurgião plástico vai operar sozinho sem o auxílio de uma equipe, tudo é feito em um único movimento.

Pelo sistema VS, o transplante capilar é feito com um alicate com a finalidade de aumentar a densidade dos fios sem que o paciente precise cortar o cabelo. Também é possível fazer o procedimento utilizando um grampo. O único problema é quando surge o “pop”, que é quando o cabelo aparece ao passo que o cirurgião tenta colocar outro cabelo.

Todos os métodos são eficazes, mas o mais garantido é com o uso de uma pinça, com a desvantagem de ser um pouco mais demorado que o grampo. Há também o implante maçante  que consiste em remover a borda que tem uma agulha na ponta, usando-a como se fosse uma braçadeira para colocar o cabelo, sempre com uma incisão preexistente.

De acordo com o cirurgião plástico Paulo Miranda, o implanter é um método seguro e eficiente para quem quer enxertar cabelo numa área calva.

Cirurgião plástico Paulo Miranda - Divulgação
Cirurgião plástico Paulo Miranda – Divulgação

Evolução

Em 1822, um aluno de medicina chamado Johann Friedrich Dieffenbach, publicou uma dissertação em Wurzburg na Alemanha descrevendo o que pode ser considerado o primeiro transplante de cabelo em humanos.
Seu experimento consistiu em transplantar 6 pelos de sua cabeça para o próprio braço sendo que 2 desses pelos continuaram a crescer normalmente e os demais caíram eventualmente.
Nesse estudo, ele extraiu e enxertou esses pelos usando uma simples agulha, ou seja, talvez seja o primeiro caso de transplante capilar envolvendo a técnica hoje conhecida como FUE (do inglês, “Folicular Unit Extraction”, ou seja, Extração de Unidades Foliculares).

E isso aconteceu há cerca de dois séculos.
A FUE é uma moderna técnica de transplante capilar que trabalha com a extração individualizada de cada folículo, ou seja, é uma prótese capilar que trabalha no implante de cabelo fio a fio. Técnica utilizada na maioria dos transplantes realizados pelo cirurgião Paulo Miranda.

O paciente que vai submeter a FUE, na maioria das vezes precisa raspar a área doadora com uma máquina um, no máximo 2, porque isso facilita a retirada das unidades foliculares.
É uma técnica de plástica capilar bastante trabalhosa, exige bastante habilidade por parte de quem a executa, do cirurgião que a realiza. Em média retira-se em torno de 2 mil fios por sessão e isso leva por volta de quatro horas de extração.

Tags
Mostrar Mais

Rodolfo Bracali

Nascido na Argentina, Rodolfo Bracali mora no Brasil a 17 anos, é Jornalista de Imprensa. Atualmente seu interesse principal é a Notícia, especializado em Assessoria Gastronômica e Webdesign.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios