Economia e Negócios

Região da Foz do Itajaí concentra o maior crescimento populacional

Estado e tem 99% das empresas classificadas como micro e pequenas

A região da Foz do Itajaí tem a maior taxa de crescimento populacional do estado. É o que aponta o Caderno de Desenvolvimento, que faz parte de mais de 300 documentos lançados pelo Sebrae/SC, que contam com estudos dos 295 municípios do estado, das regiões, além de uma análise geral de Santa Catarina. A pesquisa mostra que a região da Foz do Itajaí obteve um crescimento populacional de mais de 240% em 38 anos, passando de uma participação 12,3% para 13,6% no período de 2010 para 2018. O município de Itapema se encontra também na 1ª colocação, com a maior taxa de crescimento populacional do estado.

A Foz do Itajaí concentra 19 municípios, que compreendem desde a cidade de Tijucas até Brusque e uma estimativa populacional de quase 1 milhão de pessoas (IBGE, 2018), número que chega a dobrar com a chegada da temporada de verão, sendo o turismo uma das principais atividades econômicas. Neste contexto, a região tem forte impacto na área de comércio e serviços, setores que representam 77% das empresas, respondendo por pouco mais de 60% dos empregos. No setor industrial destacam-se os setores da construção e confecção gerando mais de 38.000 empregos com carteira assinada que contribuíram para um crescimento do PIB na ordem de 63,39% no período de 2011 a 2016, acima da média do estado (47,45%).

Os negócios de pequeno porte também são destaque na região da Foz do Itajaí. As micro e pequenas empresas são mais de 99% dos empreendimentos, respondendo por mais de 70% da taxa de empregabilidade, de acordo com levantamento oficial de 2016. A cidade de Itajaí, por exemplo, concentra um dos complexos portuários ranqueado como o segundo maior do país em movimentação de contêineres. O município também se destaca como a cidade com o 2° maior PIB do estado.

A região mostra bons índices de desenvolvimento humano, tendo diminuído os índices de incidência de pobreza e aumentado em 50% o número de profissionais disponíveis na área da saúde em 6 anos, até 2018, o que contribui para superar a expectativa de vida de 77 anos. O município de Brusque, por exemplo, está em 1° lugar do estado no tópico esperança de vida ao nascer. Já Balneário Camboriú, está com a 2ª posição com o maior IDH médio de Santa Catarina, índice que leva em consideração a educação, longevidade e renda.

Segundo o Gerente do Sebrae da Foz, Eng. Sérgio Fernandes Cardoso, os dados refletem o trabalho árduo de desenvolvimento dos pequenos empresários da região. “Com este material o Sebrae conhece e mapeia as características dos municípios para compactuar com o seu desenvolvimento econômico, através dos microempreendedores que querem se instalar na nossa região. A partir dos dados, a entidade complementa o importante papel de agente de transformação da sociedade”, destaca.

Leia Mais: Sandami se apresenta no Imperator RJ no dia 5 de setembro com participação de Elymar Santos

Rosilene Bejarano

Rosilene Bejarano,nascida em Corumba Ms Digital Influencer, blogueira revista eletrônica Coisas Do Sul, assino para as revistas Egonoticias de Balneário Camboriú, Top Society de Lages, Lithoral News de Itajaí. Palestrante com o tema (Estrutura familiar e mulheres na politica) recebi o titulo de Embaixadora da Paz em 2018, atualmente resido em Joinville Santa Catarina, cursando marketing digital,formada em Hotelaria e excelência em atendimento, sou a Vice presidente da Abramecom (Associação Brasileira de Colunistas Sociais e de Mídia Eletrônica) Recebi o premio internacional de imprensa empreendedora Dr Rey 2017. Premio destaque de Mídia Eletrônica SC da Revista Lithoral News, Premio destaque imprensa revelação SC.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo