ArquiteturaUrbanismo

Aline Flamínio – Arquitetura com significado

Arquiteta e Urbanista Aline Flamínio nos conta sobre sua essência e significado para desenvolver seus projetos

Aline Flamínio – Arquitetura com significado

Antes de mais nada, o principal objetivo do arquiteto é planejar, projetar e desenhar os espaços urbanos visando melhorar a qualidade de vida das pessoas que neles vivem.

Sua principal função

É o arquiteto e urbanista o responsável por muitas transformações e características da obra, garantindo o máximo de satisfação de quem utiliza o espaço.

Porém, essa profissão não é só glamour. A rotina inclui muita correria e, às vezes, querer estar em mais de um lugar ao mesmo tempo. Há um fluxo para que as ideias ganhem vida e se transformem em realidade, feita de concreto, tijolo e outros materiais.

Assim então, no dia a dia, além de viver entre plantas, maquetes e esboços, o arquiteto e urbanista é um profissional que tem muito contato com as pessoas. A mais importante delas, na profissão, é o cliente. É essa pessoa que diz o que deseja em seu ambiente e quais são as necessidades.

Por isso, para a arquiteta Aline Flamínio, o início desse cotidiano passa por uma conversa com o contratante.

Assim, fica por dentro das exigências e das possibilidades, tanto de tempo quanto de dinheiro e de espaço.

“Muitas vezes, é necessário se deslocar até o cliente e fazer várias reuniões por dia para alinhar as propostas.” – conta Aline Flamínio.

Aline Flamínio – Arquitetura com significado
Projeto realizado pela Arq. Aline Flamínio – Foto: Divulgação/acervo pessoal
 A realização do projeto

A realização de projetos também é fundamental para o arquiteto e urbanista.

Além disso, Aline afirma que, uma vez que o contrato seja assinado, é o momento de colocar a mão na massa. E na mesa de projeção, em livros e no computador. Pois, nesta fase, é preciso encontrar as melhores soluções, considerando as características que o projeto deve ter.

É nessa parte em que são planejadas modificações no ambiente, quais serão os materiais usados e qual é o resultado esperado.

Buscando inspiração

No geral, tudo começa com um desenho e com a planta, até que se possa partir para a modelagem e renderização de ambientes completos. Buscar inspirações nesse momento, inclusive, é muito bem-vindo.

Uma vez que essa etapa esteja pronta, é necessário apresentar para o cliente, que deve aprovar.

Um arquiteto e urbanista pode trabalhar em um escritório, em um órgão público ou pode ser autônomo, abrindo seu próprio negócio. No último caso, uma parte extra é adicionada à rotina: a gestão do empreendimento.

Em muitas circunstâncias, isso também tem a ver com a execução de obras — o que pode acontecer até com os que não são autônomos. Nesse caso, é necessário visitar o local da obra para garantir que tudo saia como o que foi acordado.

Aline Flamínio – Arquitetura com significado
Projeto realizado pela Arq. Aline Flamínio – Foto: Divulgação/acervo pessoal
Suas especializações

Desde sua formação Aline já realizou cursos livres, workshops, participo de várias feiras, e, conciliando com o trabalho, tudo isso para auxiliar e melhorar os projetos. Além disso, procurando referências e acompanhando o mercado. Contribui para uma atuação avançada e de maior qualidade.

“Tempos atrás, fui me especializar um pouquinho mais na parte de decoração, visitando a Alameda Gabriel Monteiro da Silva, localizada no bairro Jardim Paulistano. É um ponto bastante conhecido de São Paulo devido a uma característica muito peculiar: conta com várias lojas de design, lojas de móveis, galerias de arte e decoração. Não por acaso a alameda é o local perfeito não apenas para quem quer adquirir algum produto na linha de decoração, mas também para nós, arquitetos, para os designers e os demais interessados no que há de mais fascinante quando o assunto é decoração.” – relembra Aline

Aline também teve a experiência de visitar a ABIMAD – Feira Brasileira de Móveis e Acessórios da Alta Decoração.

Acompanhe em seu Facebook um mix de tudo!

“Gosto muito de visitar as feiras para estar sempre alinhada com as novas tendências. Geralmente são eventos de altíssimo nível, trazendo uma diversidade enorme de produtos de qualidade.

Últimas feiras foram Revestir e Casa Cor SP 2022 experiências incríveis.” – conta

Aline Flamínio – Arquitetura com significado
Projeto realizado pela Arq. Aline Flamínio – Foto: Divulgação/acervo pessoal
Sua experiência

Escolhi a arquitetura porque percebi que, além de trabalhar com o sonho das pessoas, executaria minhas habilidades por meio dela. Eu me coloco no lugar do próximo, entendo o seu ponto de vista, capto suas necessidades e desenvolvo projetos que atendam às suas necessidades, podendo realizar os sonhos e dando mais qualidade de vida. Levo sempre em consideração dois pontos importantíssimos: a necessidade e o sonho. A proposta escolhida para cada cliente deve equilibrar esses dois polos e aproximar a obra do sonho, contemplando todas as necessidades.

Sua faculdade

Iniciei ainda na faculdade fazendo estágios na SMPOS (Secretaria Municipal de Planejamento Obras e Serviços). Posterior formada, iniciei os trabalhos em um escritório de arquitetura na cidade de São João da Boa Vista, onde, durante 4 anos, aprendi e cresci muito como profissional. Quando estava no terceiro ano em São João, simultaneamente, iniciei os trabalhos na SMPOS tendo o último ano em São João apenas aos sábados.

Posteriormente, com um aperto no peito, priorizei os trabalhos na SMPOS deixando o trabalho em São João.

Foram 8 anos de SMPOS e 1 ano de Cadastro Imobiliário na Prefeitura. Fui convidada a trabalhar no CI, por conta de um curso de Avaliação e Inferência Imobiliária que fiz em São Paulo.

Saí no final de 2016 da Prefeitura. O atual Prefeito me convidou para retornar, porém, com a demanda aumentando em 2017, já não tinha tempo para Prefeitura, iniciando outra jornada com acompanhamento de obras, projetos arquitetônicos, de vigilância sanitária, laudos, EIV, bombeiro, interiores, etc.

Novas adversidades

Minha maior dificuldade é que todos os dias surgem novas adversidades, e o mais curioso de tudo é que cada dificuldade puxa uma nova atribulação. Procuro sempre saná-la da melhor maneira, filtrando para que chegue ao cliente apenas o resultando já concluído.

Outra grande dificuldade é que a arquitetura ainda é vista com desconfiança por grande parte da sociedade. Existem pessoas que acham que o projeto é artigo de luxo. Não sabem que projetar é pensar antes para ter qualidade de vida depois.

Seu maior prazer

Meu maior prazer na profissão é o fato de eu poder concretizar os sonhos com qualidade de vida dos demais, isso me deixa realizada e faz com que eu enxergue o mundo sob outras óticas.

Ao longo desses 17 anos de carreira em arquitetura descobri que o meu maior desafio desta linda profissão, não está na elaboração de um projeto único ou obra, mas sim em lidar com as pessoas que passam pela minha vida.

A construção ou uma reforma de um imóvel é, em geral, a realização de um sonho. Por isso, ansiedade, preocupações, medo, cobrança e estresse são tão presentes durante o processo. Além do mais, compreensíveis. Eu, como arquiteta, aprendi a lidar com esses sentimentos. E, infelizmente, isso não se aprende durante o período de formação na faculdade, é uma habilidade adquirida no dia a dia.

Como acredito que, por ter participado de feiras, workshops, cursos, etc., durante estes anos, tive também a felicidade de realizar vários projetos fora de Rio Pardo e região.

Tendências

As tendências mudam muito em nossa área, o conceito se reinventa dia após dia, a arquitetura, o design promete infinitas perspectivas para que o arquiteto trabalhe no projeto perfeito para cada cliente.

Pude perceber na última feira CASACOR que, para 2022, e até para 2023 (para os mais ansiosos), surge uma consciência cada vez mais inclusiva, e sustentável. A tendência às novidades para casas é de que as cores variem entre tons provenientes da natureza: verdes, azuis e terrosos. A paleta entre os tons de cada um desses é enorme, e os usos e forma de aplicação para os mesmos também.

Aline Flamínio – Arquitetura com significado
Arq. Aline Flamínio – Foto: Divulgação/acervo pessoal
Empoderamento

A arquitetura segue tendências que são estudadas mundialmente por grupos especializados, e é definido de acordo com um comportamento que vem surgindo, uma fase ou uma nova consciência. O mundo hoje vive um momento de libertação, de ser o que se é, de empoderamento e isto tudo se reflete muito na arquitetura. Por isso, as tendências estão sempre mudando.

Jorge Romano Netto

Para finalizar, gostaria de citar Jorge Romano Netto, arquiteto e urbanista, conselheiro suplente do Conselho e Arquitetura e Urbanismo e cidadão,

“Pensemos: o que é uma casa? Se acharmos que ela é apenas o edifício destinado a moradia, qualquer pessoa que domine a técnica, pode “desenhá-la”. Mas se aprofundarmos o conceito e entendermos que a casa é algo além de moradia, vamos descobrir que ela tem características subjetivas e específicas para cada pessoa ou família. Ela é o lugar para onde se vai depois de um dia de trabalho, quando o cansaço vem. Por isso tem que promover a alegria de voltar para o lar.

É o espaço de repouso e descanso. Nos horários de ócio, a casa deve ser o ambiente de refrigério, encontro de amigos, familiar e lazer, enfim, ambiente propício para recarregar as baterias e encarar nova batalha no dia seguinte. Ir além do desenho (do projeto), além de ser desafio, é de grande responsabilidade. Pois a maneira de viver de cada família com as manias, hábitos, costumes, sonhos e, também, as economias estão postas diante do projetista de maneira invisível. Esses elementos são abstratos. O arquiteto se torna sonhador que sonha junto com o cliente e cria a ferramenta com a qual ele vai transformar o projeto em realidade. Deve existir relação de confiança e intimidade entre o arquiteto e o cliente para que tudo seja bem interpretado e, ao final, a casa seja a “cara” do dono.”

Acompanhe seu trabalho

Acesse: @alineflaminio_arquiteta

Fotos: Divulgação / acervo pessoal

Jornalista: Ranai Lima

Siga Ranai Lima no Insta

GOD SAVE THE FASHION 360°

Ranai Lima

Nascida em São Paulo - Capital. Formada em Jornalismo e Atualmente Autora no portal de egonotícias.com desde 2021

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo