Meio AmbienteTurismo

Turismo de observação de baleia e golfinhos

Proteção Animal Mundial comemora o reconhecimento de dois novos locais como Patrimônio das Baleias. 

Turismo de observação de baleia e golfinhos.

Dois novos pontos certificados.

Proteção Animal Mundial comemora o reconhecimento de dois novos locais como Patrimônio das Baleias. Tenerife-La Gomera, de Tenerife (Espanha), e Dana Point, da Califórnia (Estados Unidos), recebem o título de primeiro Whale Heritage Sites.
São Paulo, 23 de fevereiro de 2021 – Proteção Animal Mundial comemora um passo importante para a proteção da vida silvestre:
Por exemplo, Tenerife-La Gomera, de Tenerife (Espanha), e Dana Point, da Califórnia (Estados Unidos), recebem o título de primeiro Whale Heritage Sites (Local de Patrimônio das Baleias) na Europa e nas Américas, respectivamente. Assim, além dessas localidades, existem apenas dois outros patrimônios das baleias no mundo: The Bluff, na África do Sul, e Hervey Bay, na Austrália.
Turismo de observação de baleia e golfinhos
Turismo de observação de baleia e golfinhos. Dois novos pontos certificados. Foto Capt. Dave’s Dolphin & Whale Safari

Modelo de acreditação global.

Apoiado pela Proteção Animal Mundial, o Whale Heritage Sites é um modelo de acreditação global desenvolvido pela World Cetacean Alliance. Por isso, o objetivo da iniciativa é reconhecer destinos que oferecem a observação responsável e sustentável de baleias e golfinhos selvagens. Dessa forma, é possível oferecer à indústria do turismo uma maneira de proteger a vida silvestre marinha e ainda apoiar práticas sustentáveis.
“Esses novos locais do patrimônio das baleias são muito importantes na proteção da vida selvagem, pois apresentam uma alternativa viável e sustentável às atividades de entretenimento com animais. Essa conquista também ajuda os operadores turísticos a oferecer uma experiência inesquecível de observação de baleias na natureza e, ao mesmo tempo, proteger o bem-estar da fauna marinha”, explica João Almeida, gerente de vida silvestre da Proteção Animal Mundial no Brasil.
Turismo de observação de baleia e golfinhos
Turismo de observação de baleia e golfinhos – Patrimônio das Baleias.- Foto Fracis Pérez

Compromisso com a conservação.

De fato, para se qualificar para esta acreditação global, os locais devem atender a critérios pré-definidos que reconhecem seu compromisso com a conservação de cetáceos por meio de interações responsáveis com os animais silvestres. Isso inclui: estimular a coexistência respeitosa entre humano e cetáceos; observar os animais; praticar a sustentabilidade ambiental, social e econômica; pesquisar, educar e conscientizar.

Portanto, Tenerife-La Gomera é, há muito tempo, um local conhecido por oferecer aos visitantes a possibilidade de assistir baleias e golfinhos em seu habitat natural. A certificação de Whale Heritage Sites reconhece o compromisso da comunidade em respeitar esses animais. Atualmente, existem 28 espécies de cetáceos encontradas nas águas da ilha – a maioria é sazonal, mas entre as espécies que são residentes locais estão as baleias-piloto de barbatana curta, cachalotes e golfinhos nariz-de-garrafa.

Por isso, Já Dana Point é chamada de “Capital Mundial da Observação de Golfinhos e Baleias” (em inglês, Whale Watching Capital of the World®) e é um dos melhores lugares para observar a magnífica baleia-azul. Enquanto isso, a região também conta com uma grande variedade de baleias o ano todo e é o local com mais golfinhos por quilômetro quadrado em todo o mundo.

Para mais informações sobre turismo consciente acesse aqui.

Turismo de observação de baleia e golfinhos
Logo World Animal Protection – Foto Divulgação

Sobre a Proteção Animal Mundial (World Animal Protection).

A Proteção Animal Mundial (anteriormente conhecida como Sociedade Mundial para a Proteção Animal) mudou o mundo para proteger os animais por mais de 50 anos.

Isto é, a organização trabalha para melhorar o bem-estar dos animais e evitar seu sofrimento.

As atividades da organização incluem trabalhar com empresas para garantir altos padrões de bem-estar para os animais sob seus cuidados; assim, trabalhar com governos e outras partes interessadas para impedir que animais silvestres sejam cruelmente negociados, presos ou mortos; e salvar as vidas dos animais e os meios de subsistência das pessoas que dependem deles em situações de desastre.

Além disso, a organização influencia os tomadores de decisão a colocar os animais na agenda global e inspira as pessoas a mudarem a vida dos animais para melhor.
Para mais informações acesse: www.protecaoanimalmundial.org.br.

Fotos: Fracis Pérez – Capt. Dave’s Dolphin & Whale Safari / Divulgação Arquivo Pessoal

Fonte: Marília Bianchini
Assessoria de Imprensa

Daniela Bianchini
E-mail: daniela@sorellapr.com.br

Marília Bianchini
E-mail: marilia@sorellapr.com.br

CONVERSÂO E CALCULADORA DE CAMBIO DAS CRIPTOMOEDAS:

Veja Como empreendedores de todo mundo estão ganhando dinheiro?

Marcos Morrone

Nascido em São Paulo Capital. CEO do Grupo Morrone Comunicações Ltda.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo