Economia e Negócios

Taxa Selic: alta encarece 20% valor do financiamento imobiliário

Alta nos preços pode desacelerar o setor; especialista dá dicas para imobiliárias continuarem crescendo

Taxa Selic: alta encarece 20% valor do financiamento imobiliário

O Banco Central afirmou no dia 21 de junho, terça-feira, que a Taxa Selic ficará “significativamente contracionista” por um período maior que o esperado anteriormente. Em 15 de junho, a Selic havia atingido 13,25% ao ano, o maior patamar desde janeiro de 2017. Entre os diversos setores atingidos pela taxa, o mercado imobiliário é um deles. A elevação da taxa básica de juros pode alavancar o valor dos novos financiamentos, gerando um desaquecimento na área.

Segundo simulações feitas pela Anefac (Associação Nacional de Executivos), essa alta pode aumentar em mais de 20% o valor dos financiamentos. Arlene Gomes, mentora de aceleração de gestão imobiliária, especialista em gestão ágil com a metodologia OKR, comenta que, de fato, esse é um momento para ficar de olho e preservar ainda mais os métodos de organização e crescimento na área. “O importante é prevenir o problema antes que ele aconteça. Observamos, nos últimos anos, um aquecimento no setor motivado pelo aumento das pessoas em home office ou que começaram a se preocupar mais com seu futuro lar. Por outro lado, durante esse último ano, o aumento das taxas de juros combinada com a crise financeira influencia o mercado de forma geral”, alerta.

Mão na massa

Apesar dessa preocupação, Arlene ressalta que, mais do nunca, são as ações estratégicas que podem ajudar a driblar esse momento para que as imobiliárias continuem crescendo. “Nada de desanimar! É importante continuar traçando um planejamento com estratégias de curto e longo prazo. São elas que vão determinar o crescimento contínuo”, acrescenta.

Dicas

Pensando nisso, a mentora separou algumas dicas valiosas que valem para qualquer momento. Confira:

1- Continue se reinventando – “Independente da crise afetar ou não o seu negócio, toda empresa precisa se reinventar para continuar crescendo. Pense em novas oportunidades, estude, pesquise e vá se adequando de acordo com seus projetos”. Mentoria é um bom caminho pois tem um acompanhamento e direcionamento de ações para auxiliar em pontos cegos do crescimento; além é claro de ajudar os líderes a terem uma mentalidade de inovação.

2- Saiba escolher o seu nicho – “Se você sabe quem realmente quer atingir, você consegue melhorar o direcionamento com a equipe, consegue fazer posicionamentos de marketing mais assertivos, entre vários outros benefícios”.

3 – Entenda os dados e trabalhe com eles – “Os dados servem para isso, para saber como está o desempenho da sua imobiliária, entender como está sua equipe de corretores, de gestores e também para saber quais melhores investimentos você deve fazer”. dentro da Imobiliária já tem muitos dados que podem ser aproveitados, importante usa-los para tomada de decisão.

Fonte: Arlene Gomes, mentora de aceleração de gestão imobiliária, especialista em gestão ágil com a metodologia OKR (@arlenegomes220).

Foto Capa: Foto Capa Divulgação Letra Comunicação

Leia também: Saúde vascular x frio: qual a relação?

Juliana Umbe̊lino

Escritora e social media, atua com revisão e produção de conteúdo para web. Editora de SEO para WordPress há mais de 9 anos. CEO na @vemprapalante. É autora publicada pela editora Qualis. Ministra palestras sobre web, mídias sociais e influenciadores. Além disso é apaixonada por livros, filmes, séries, quadrinhos, teatro e música (principalmente folk e rock'n'roll). É uma nerd raiz, por assim dizer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo