Entretenimento

Sarau Poético Musical Virtual homenageia Vinícius de Moraes

Baseado na vida e obra de Vinícius de Moraes

Sarau Poético Musical Virtual homenageia Vinícius de Moraes

A cantora, pesquisadora e também regente Dani Mattos  acompanhada do seu grupo vocal Poucas & Boas realiza no próximo dia 8 de julho, quarta-feira,  às 19h , o sarau virtual poético musical  “Vinícius, o poeta amador” . Reunindo música, poesia, e também literatura, o espetáculo interativo será pela plataforma Sympla, com ingressos limitados. Além disso, a  data marca o aniversário de quarenta anos da morte desse artista considerado um dos grandes nomes da Cultura do Brasil do século XX.

“De maneira coloquial e próxima, o intuito do espetáculo é dar profundidade à figura desse poeta que foi muito atuante no cenário artístico brasileiro e também  fazer um apanhado de sua extensa produção, seja como poeta, crítico de cinema, compositor, letrista, e também cronista”, salienta a pesquisadora, cantora e também regente Dani Mattos.  De acordo com a regente, a ideia é que o público prepare, inclusive, uma leitura para compartilhar durante o encontro virtual.

Falas de Drummond, Manoel Bandeira, Rubem Braga e também de seus inúmeros parceiros musicais enriquecem o sarau com informações relevantes e também bem-humoradas a respeito do artista, considerado um dos maiores poetas e compositores da música brasileira.  Algumas canções de Vinícius nas vozes de Dani Mattos e do Grupo Poucas & Boas também serão compartilhadas pelas redes sociais. Entre elas, por exemplo,  a música “O Poeta Aprendiz”, de Vinícius de Moraes em parceria com Toquinho.

Quarenta anos sem Vinícius:

Considerado, de certo,  um dos mais importantes artistas brasileiros, Vinicius de Moraes  morreu há quatro décadas, aos 66 anos, vitimado por um edema pulmonar , no dia 9 de julho de 1980.

Mas seu legado continua, portanto, muito presente, inclusive porque possui uma extensa produção literária e também  musical celebrada em todo mundo.

Reconhecido como um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB). Entre elas, impossível esquecer de obras como, por exemplo: “Chega de saudade”(1956),  “Arrastão”(parceria com Edu Lobo), Eu sei que vou te amar (1959), Garota de Ipanema (1962),Tarde em Itapoã (1970),  Pela luz dos olhos teus,  A Tonga da Mironga do Kabuletê (1970), A casa (1980), Aquarela (1983), e também  Garota de Ipanema(1962 parceria com Tom Jobim), entre outras.

Na literatura deixou diversos livros, e também uma imensidão de  poesias que falam principalmente sobre o amor e também as mulheres. Entre elas, por exemplo: Soneto de fidelidade (1939), Receita de mulher (1959) O verbo no infinito (1962), entre outras.  Além disso,   A rosa de Hiroshima (1954)  que fala da tragédia da bomba atômica  no final da Segunda Guerra Mundial, no Japão. A poesia que, inclusive, depois foi musicalizada.

Vinícius de Moraes, enfim,  também atuou em outras áreas, foi jornalista, diplomata, dramaturgo, crítico, entre outros.

Serviço:

Sarau poético-musical “Vinícius, o poeta amador”: Dani Mattos e o Coral Poucas & Boas

Data: 8 de julho, quarta-feira

Horário: das 19h às 20h

Investimento: A contribuição é voluntária.

 Livre

40 vagas

Plataforma Sympla: 

Fotos: Guilherme Krol

Fonte: Mídia Brazil Comunicação Integrada
Assessoria Imprensa

Conheça sobre o hobby que motiva adultos a brincar de bonecas: Blythes: quem são elas? 

Cristina Aguilera

Cristina Aguilera é jornalista com pós graduação em Mídias na Educação pela Universidade de São Paulo (USP) . Foi repórter de tv, rádio, revista, assinou colunas de Turismo e Moda. É co autora do livro “ A educação contada pela imprensa” junto com Cesar Callegari. Adora moda, turismo, educação, literatura, designer e cultura.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
EgoNotícias

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as principais notícias do Brasil e do mundo.