AviaçãoMercado de Luxo

Denali se junta à lendária família turbo-hélice Beechcraft

A Textron Aviation, representada com exclusividade no Brasil pela TAM Aviação Executiva

Monomotor Denali se junta à lendária família turbo-hélice Beechcraft – programa avança em direção ao primeiro voo.

A Textron Aviation, representada com exclusividade no Brasil pela TAM Aviação Executiva
Nesta ultima quarta-feira, 21 de julho de 2021 A Textron Aviation, representada com exclusividade no Brasil pela TAM Aviação Executiva, anunciou nesta quarta-feira (21), um realinhamento da sua linha de aeronaves turbo-hélice: o monomotor Beechcraft Denali (anteriormente denominado Cessna Denali) se junta aos lendários Beechcraft King Air 260 e King Air 360/360ER, como aeronaves de alto desempenho. O programa de desenvolvimento do Beechcraft Denali está avançado e há previsão para realização do primeiro voo ainda este ano.
Estrategia
“O Beechcraft Denali representa nossa estratégia contínua de investir em produtos atuais em ambas as marcas icônicas Beechcraft e Cessna. Os turbo-hélices Beechcraft são conhecidos por sua versatilidade e confiabilidade, e o monomotor Denali é um complemento perfeito para essa lendária família de produtos. Os pilotos e passageiros apreciarão a aeronave por suas capacidades aprimoradas, tecnologia inovadora e conforto total para os passageiros”, destaca Ron Draper, presidente e CEO da Textron Aviation.
Projetado para superar seus concorrentes

Desta forma, o Beechcraft Denali foi projetado para superar seus concorrentes, com custo operacional mais baixo, aviônicos Garmin G3000, além de ter a maior cabine em sua classe. Projetado para obter velocidade de cruzeiro de 285 nós (528 km/h) e carga paga de cerca de 500 kg, mesmo com tanque cheio, a aeronave terá alcance de 1.600 milhas náuticas (2.963 km) em velocidade rápida de cruzeiro, com um piloto e quatro passageiros. Será capaz de voar, por exemplo, de São Paulo a Manaus, Porto Alegre a Salvador ou de Curitiba a Natal, sem escalas.

Seu portfólio

“O Beechcraft Denali completa ainda mais o nosso portfólio de aeronaves preparadas para todos os tipos de missões, aliando tecnologia, segurança e baixo custo operacional. Certamente, esse modelo será muito bem recebido pelo mercado brasileiro”, explica Leonardo Fiuza, presidente da TAM Aviação Executiva.

Monomotor Denali se junta à lendária família turbo-hélice Beechcraft
A Textron Aviation – Foto: Divulgação / Acervo Pessoal
Aeronaves concorrentes

“Percebemos o interesse em todo o mundo dos proprietários de turbo-hélices e pistão de aeronaves concorrentes, que desejam mudar para uma aeronave com maior desempenho e experiência aprimorada para os passageiros”, disse Lannie O’Bannion, vice-presidente sênior de Vendas Globais e Operações de Voo da Textron Aviation. E complementa “O Denali oferecerá uma combinação excepcional de custos operacionais mais baixos e avanços tecnológicos, com a cabine mais ampla e confortável do seu segmento. E tudo isso é apoiado pela ampla rede global de Centros de Serviços Textron”.

Beechcraft Denali

Dessa forma, o programa de desenvolvimento do Beechcraft Denali atingiu vários marcos ao longo dos últimos seis meses, à medida que continua ganhando impulso para a realização do seu primeiro voo. No início deste mês, o primeiro motor GE Aviation Catalyst com Full Authority Digital Engine Controlled (FADEC).  Assim também, foi instalado no primeiro protótipo do Beechcraft Denali e a aeronave foi ligada pela primeira vez. Afinal,  o funcionamento dos motores está previsto para agosto, seguido por um primeiro voo para o final deste ano.

Protótipos de teste

A principio, dois outros protótipos de teste de voo do Denali também estão em desenvolvimento. Dessa forma, três protótipos adicionais de teste de solo serão usados para os testes de fadiga e estática da fuselagem, além do desenvolvimento e teste do interior da cabine. Em suma, a empresa antecipa a certificação do Denali para 2023.

Estamos fazendo um progresso notável com o programa de desenvolvimento da aeronave. Já alcançamos uma série de marcos importantes e, os próximos meses, serão de muita atividade enquanto nossa equipe prepara o Denali para seu voo inaugural”, explica Chris Hearne, vice-presidente sênior de Engenharia.
Avanços tecnológicos

O Denali é movido pelo novo motor Catalyst da GE Aviation, que completou mais de 2.300 horas de testes e preparação para seu primeiro voo em sua bancada de teste de voo Beechcraft King Air.

O Catalyst é um motor mais ecologicamente correto e queima menos combustível do que outras tecnologias presentes em outros modelos turbo-hélice. Afinal, o motor também pode usar combustível de aviação sustentável, o que resulta em emissões mais baixas. Desta forma, o motor turbo-hélice equipado com FADEC e com um motor de 1.300 SHP, diminui a carga de trabalho do piloto com sua alavanca única de potência e controle da hélice. O controle pelo FADEC do motor fornece monitoramento de tendência. Afinal, o que permite a manutenção on condition sem a necessidade de inspeção meia-vida de Seção Quente.

Hélice desenvolvida pela McCauley
Assim então, a aeronave utilizará a mais nova hélice desenvolvida pela McCauley, de 5 pás, com passo reversível, feita de material compósito e com De-Ice, proteção contra formações de gelo sobre sua superfície. Logo então, a hélice passará por uma série de testes de certificação, e vários já estão em andamento.

Enfim, o cockpit do Denali apresenta o conjunto de aviônicos intuitivos Garmin G3000 com telas de alta resolução e controles sensíveis ao toque. Por fim, um autothrottle Garmin integrado agora é um recurso padrão, que faz interface com o Sistema de Controle de Voo Automático (AFCS) e Sistema de Gerenciamento de Voo (FMS). Para fornecer controle de velocidade fácil em todos os regimes de voo, da decolagem ao toque em pouso.

Monomotor Denali se junta à lendária família turbo-hélice Beechcraft
Monomotor Denali se junta à lendária família turbo-hélice Beechcraft
Radar meteorológico
Outros recursos do G3000 incluem um radar meteorológico de 10 polegadas, um Sistema de aviso de colisão de terreno avançado (TAWS). Desta forma, dois transponders com capacidades de transmissão de vigilância dependente automática (ADS-B). Que estão em conformidade com os mais recentes requisitos de controle de tráfego aéreo.

Além disso, a cabine de piso plano do Beechcraft Denali foi projetada para ser a maior em seu segmento e ao mesmo tempo oferecer versatilidade de conversão fácil para transporte de passageiros ou de carga.

Sobre a TAM Aviação Executiva
Afinal, a número 1 na comercialização de aeronaves executivas, a TAM Aviação Executiva foi constituída há 60 anos, sob o nome de Táxi Aéreo Marília. Atualmente, no Brasil como representante exclusiva da Cessna, desde 1982; da Bell, desde 2004; da FlightSafety International, desde 2003; e da Beechcraft, a partir de 2016. Assim então, a empresa oferece o mais versátil e abrangente portfólio de produtos da aviação geral no país, com destaque para manutenção de aeronaves (no maior parque de manutenção de aeronaves executivas da América Latina). Dessa forma,  o atendimento doméstico e internacional, hangaragem, vendas de treinamento, administração, gerenciamento e fretamento de aeronaves.

Fotos: Divulgação / Acervo Pessoal

Fonte: Luana Magalhães
Assessoria de imprensa

Email: luana.magalhaes@insightnet.com.br

Jornalista: Ranai Lima

Siga Ranai Lima no Insta

Veja mais: Chocolate quente cremoso para aquecer os dias frios

GOD SAVE THE FASHION 360° 

Ranai Lima

Nascida em São Paulo - Capital. Formada em Jornalismo e Atualmente Autora no portal de egonotícias.com desde 2021

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo