Comportamento

Alfabetização científica é tema de palestra na Escola Atuação

Relacionar formas práticas de resolução de problemas do dia a dia aumentam a compreensão das crianças.

Alfabetização científica é tema de palestra na Escola Atuação. A maioria das gerações passou a vida escolar dentro de sala, aprendendo teorias sobre tudo e, raramente, colocando-as em prática.

Porém, a aplicação de novos processos de aprendizagem no Brasil vem ganhando espaço, como a alfabetização científica: do termo em inglês “Science literacy”, busca estimular o conhecimento científico de forma que seja possível interpretar e resolver problemas em seu dia a dia.

Este foi o tema apresentado pela mestranda da UFTPR, Gianne Vaz da Silva Vieira, aos professores da Escola Atuação, por conta da Semana Pedagógica.

Nas escolas

Conforme explica Gianne, é importante que o ensino parta de atividades práticas e problematizadoras. “A partir de um chá, por exemplo, realizamos uma jornada de conhecimento sobre a planta do qual ele é feito. O que é? Para que serve? E é nesse momento que entra a ciência pura: qual a função da folha, raiz e especificações. Esses testes empíricos fazem as crianças terem conclusões e instigam a curiosidade e busca por conhecimento”.

Estímulo à cidadania

O conceito, no entanto, não é novidade no resto do mundo. No Brasil, é uma forma diferente encontrada pelos profissionais de incentivar a alfabetização dos alunos para descobrirem coisas novas e, principalmente, para que consigam aplicar esse conhecimento no dia a dia, modificando a realidade.

“É um processo fundamental e que deve surgir ainda na primeira infância”, ressalta Gianne. “É um estímulo à cidadania, por exemplo, porque a autonomia dos alunos em realizar ações pode levar a uma modificação positiva do ambiente em que vivem”.

#GustavoSiqueira

Gustavo Siqueira

Gustavo Siqueira, reconhecido pelo seu carisma e profissionalismo, iniciou sua carreira como articulista do Jornal de Santa Catarina com APENAS 11 anos de idade, e desde então, atuou em inúmeros veículos de comunicação. São mais de duas décadas de expertise na mídia impressa e televisiva, com dezenas de premiações no Brasil e Exterior. Autor de 11 livros e organizador de três outros, Siqueira apresentou diversos programas de televisão, preside o IGE (Instituto Gigantes da Ecologia) e assina colunas em diversos veículos da mídia impressa no estado e nacionalmente. Já recebeu o título de “Jovem Cidadão do Brasil” pela Soroptmist International of the Americas, o “Mérito Jornalístico” da UNESCO e o Prêmio “Cultural Brasil” da Embaixada Universal da Paz em Genebra, entre tantos outros conquistados ao longo de 20 anos de atuação no mercado de comunicação. É membro do Publishers Brasil, da União Brasileira de Escritores, da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais, da Federação Brasileira de Colunistas Sociais, da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação e ocupa a cadeira Frei Odorico Durieux na Academia de Letras de Blumenau/SC (ALB).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
EgoNotícias

MANTENHA-SE ATUALIZADO

Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as principais notícias do Brasil e do mundo.