CarreiraLivros

Sharlene Serra pulsa literatura

A ludovicense de 46 anos se encantou por livros através dos gibis

Sharlene Serra pulsa literatura

A princípio, é assim que a escritora se define.

Maranhense de São Luís.

Uma alma em pura efervescência.

Do tipo faminta por livros.

Desde pequena, desejava transformar vidas.

Oriunda de uma família de 6 irmãos.

Hoje, tem dois filhos.

Durante a adolescência, encantou-se pela poesia.

Cecília Meireles, Fernando Pessoa eram seus amores.

No entanto, era tímida.

E se escondia portanto, em caixas.

Sharlene Serra pulsa literatura
Sharlene e uma de suas obras                                                                                                                                                                           Foto: Divugação

Dessa forma, agia também com suas produções.

Eram diários, suas histórias e poemas.

Todos encaixotados.

Tudo escondido.

Até que uma mudança residencial mudou seu destino.

Pois foi tudo para o lixo.

Tal qual Fênix, Sharlene renasceu.

Justamente das cinzas, do luto.

Mas não foi fácil.

Entrou para a faculdade.

Escolheu Desenho Industrial.

Daí seu olhar social se aguçou.

No curso, acima de tudo, começou a desenvolver projetos inclusivos.

Também lia histórias para quem não conseguia ver.

E através de uma criança para quem lia, veio o desejo de escrever.

Sobre literatura infantil.

Nascia alí, portanto, sua primeira coleção.

O êxito da obra, a fez notar a importância do assunto.

Semelhantemente, lançou outra.

Desta vez, sobre abuso infantil.

Toda sua obra é dessa forma, impecável.

Sob todos os pontos de vista.

Haja vista que anteriormente, a autora havia sido designer.

Logo após, participou de oficinas escolares.

Estimulando dessa forma, crianças a tornarem-se escritores.

Logrou sucesso novamente.

A bela graduou-se também em Pedagogia.

Do mesmo modo, é especialista em Educação Inclusiva.

Vê-se claramente, que seu sonho de transformar o mundo, é hoje, sua realidade.

“Escrevo tudo que vejo, observo e sinto. Minha escrita portanto, pulsa. Escrever é transbordar minhas emoções. Minhas histórias. São poesias colhidas nos dias.”, Diz conclusivamente a premiada escritora.

Fonte: Assessoria SS

Foto: Divulgação

Siga Claudia Cataldi no Insta

Leia sob o mesmo ponto de vista também: Tozo Sampaio roda e avisa que as chacretes o adoram

Sharlene Serra pulsa literatura

Claudia Cataldi

Jornalista Formada, MTB-26853, Publicitária, Radialista, Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais, com vasta experiência nas três esferas de Governo. Foi bolsista pela ONU em Israel. Morou em Cuba, México e EUA. Trabalhou na: TV Globo, Record, Band e CNT. Imortal por 5 Academias de Letras, RJ, SP, MG, NY e Portugal. Atualmente apresenta programa na TV ALERJ, a TV da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e ministra classes na ELERJ-Escola do Legislativo do Estado do Rio de Janeiro.

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Querida Sharlene Serra, escritora maranhense, visionária, linda, charmosa, brilhante, forte, competente, essas são as palavras que melhor te definem. Parabéns pela sua trajetória literária coroada de êxito! Sucessos! Abraço Literário!

  2. As trajetórias falam por nós. São elas que dão forma, consistência e nos motivam a prosseguir. Cada momento vivido do ontem, faz parte do hoje.
    Obrigada Claudia por discorrer sobre minha vida, divulgando o meu olhar amoroso e vital pela literatura. Meu muito obrigada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo