FutebolSaúde e Bem-Estar

Lesão do Arana: entenda o que foi

Fisioterapeuta explica o que é o problema que deixou o jogador fora da copa do mundo

Lesão do Arana: entenda o que foi

Na última semana, O Atlético-MG informou que o lateral esquerdo Guilherme Arana teve uma lesão grave confirmada no joelho esquerdo. O jogador teve lesão multiligamentar, comprometendo os ligamentos cruzado posterior e colateral medial, além de ruptura no menisco medial e na cartilagem. Com isso, fica sem chance de ir à Copa do Mundo.

O incidente aconteceu no segundo tempo do jogo contra o Bragantino, após uma entrada dura de Carlos Eduardo no jogador. A perna esquerda do atleta ficou presa no gramado, resultando em uma entorse no joelho.

O fisioterapeuta esportivo Rodrigo Fadel explica o que é a lesão e seus possíveis riscos. “Lesões multiligamentares são aquelas que acometem dois ou mais dos quatro principais ligamentos do joelho: Cruzado Anterior, Cruzado posterior, Colateral medial ou Colateral lateral. Quando dois ou mais dos quatro principais ligamentos se lesionam como ocorreu com o Arana, a estabilidade do joelho fica totalmente comprometida, afetando os movimentos que envolvem a prática esportiva, principalmente nas mudanças de direção, podendo gerar grandes “falseios” na articulação acometida, impossibilitando o atleta de jogar”, alerta.

Este tipo de lesão, apesar da sua gravidade, não é difícil de ocorrer no meio do futebol e demais esportes de contato. “Ocorrem geralmente após traumas de alta magnitude, como acidentes de trânsito ou quedas de grandes alturas; eventualmente podem acometer atletas de esportes de contato, como futebol, lutas ou futebol americano. Em alguns casos, porém, também podem ocorrer após traumas aparentemente leves”, completa.

Tratamento

A cirurgia é necessária para reconstruir os ligamentos. De fato, “o procedimento é extenso e tecnicamente exigente, de forma que devem idealmente ser feito por um cirurgião especialista em joelho e experiência neste tipo de lesão. No caso do Arana, o jogador já está realizando tratamento fisioterápico e se preparando para a realização do procedimento cirúrgico”, assim, esclarece o profissional.

Segundo um estudo publicado no Jornal Europeu de Trauma e Cirurgia de Emergência, lesões multiligamentares eleva risco de complicações pós-operatórias. “Por isso, é importante o acompanhamento de especialistas tanto fisioterapeuta quanto ortopedista nas fases pré-operatória, na intervenção cirúrgica e principalmente durante toda a fase de reabilitação após a cirurgia, assegurando uma recuperação de qualidade e com maior segurança e rapidez para o retorno as práticas esportivas”, finaliza.

Então, entendeu melhor sobre a lesão do Arana?

Fonte: Rodrigo Fadel, fisioterapeuta esportivo e proprietário da clínica Workout Fisioterapia, no Vila da Serra.

Foto da Capa: Pexels

Leia também: Clássicos dos anos 80 para assistir em família

Juliana Umbe̊lino

Escritora e social media, atua com revisão e produção de conteúdo para web. Editora de SEO para WordPress há mais de 9 anos. CEO na @vemprapalante. É autora publicada pela editora Qualis. Ministra palestras sobre web, mídias sociais e influenciadores. Além disso é apaixonada por livros, filmes, séries, quadrinhos, teatro e música (principalmente folk e rock'n'roll). É uma nerd raiz, por assim dizer.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo