[Hotel Urbano] 970×250 – Eurotrip
[Patroni Pizza] 970×250 – Full Banner – DESK/TAB
Arte e CulturaFeiras e EventosTurismo

GLAURA – Beleza Naturais com Historias em MG

GLAURA

Beleza naturais com historias

Antiga Freguesia Santo Antônio da Casa Branca do Ouro Preto

É um distrito do município de Ouro Preto. Situa-se a aproximadamente 26 km da sede do município. Os sub-distritos, são: Soares (5 km), Rio das Velhas (4 km), Engenho D’água (7km), Vale do Tropeiro (7 km), Ana de Sá (8 km), e Bandeirinha(3km). A história Concordam os historiadores com a informação de Diogo Vasconcelos (História Antiga de Minas Gerais, de 1901) que o primitivo arraial de Casa Branca surge em 1700/1701 por decorrência do “flagelo da fome” experimentado por toda a região de Vila Rica e de Vila de N. S. do Ribeirão do Carmo (Mariana).

 

Antiga Freguesia Santo Antônio da Casa Branca do Ouro Preto - Foto Divulgação
Antiga Freguesia Santo Antônio da Casa Branca do Ouro Preto – Foto Divulgação

 Populações inteiras, movidas pela fome, dispersaram-se em busca de terras mais férteis para o plantio e fundaram os arraiais de Cachoeira do Campo, São Bartolomeu, Acuruí (Rio de Pedras), Casa Branca e muitos outros. E, ao lado das novas roças, pesquisaram os ribeirões e em alguns locais acabaram por encontrar novas minas. Próximo do Rio das Velhas, que corre ao lado da Serra do Espinhaço (nome dado pelo Barão de Eschwege, que viveu em Vila Rica de 1811 a 1821, porque parece a espinha dorsal de Minas; denominada Capanema na região, divisora de águas dos Rios São Francisco e Doce), o arraial prosperou como passagem de viajantes e tropeiros que vinham de Vila Rica para Comarca do Rio das Velhas (Sabará). O caminho já existia por volta de 1700 e saia de Vila Rica pela região do Passa Dez, seguindo pela cumeeira da Serra, passava pelo Chafariz de Dom Rodrigo (dom Rodrigo José de Menezes, governador-geral da Província), construído em 1786, atingia o povoado de Catarina Mendes, bifurcava para São Bartolomeu

ou Glaura, de onde seguia para o atual povoado de Soares, atravessa o Rio das Velhas em Ana de Sá (nome de proprietária de antiga fazenda), alcançava Acuruí, Santo Antônio do Rio Acima, Raposos, Mina de Morro Velho e Vila Nova de Lima (Nova Lima), caminhos hoje integrantes da Estrada Real.Duas famílias, pioneiras na ocupação do arraial, aparecem nos primeiros documentos: a de Baltazar de Godoy e os Figueiredo Maria José. Por todo os 

Séculos XVIII e XIX, foi passagem e descanso para tropeiros que faziam o abastecimento e o comércio entre Sabará e a Região do Tripuí, Vila Rica e Mariana. Com o nome de Santo Antônio do Campo de Casa Branca, o arraial

 

já possuía capela em 1719 (Rev APM XIII, 85). A atual matriz de Santo Antônio foi edificada de 1758 a 1764 (data gravada na cruz do frontispício), mandada construir pela Irmandade do Santíssimo Sacramento, tendo como mestre de obras Francisco de Lima Cerqueira, que participou de importantes construções religiosas em

Minas, entre elas as Igrejas do Carmo e São Francisco de Ouro Preto e São João del Rey e do Santuário de Congonhas do Campo. Integra o grupo das grandes matrizes mineiras, estilo jesuítico, retilíneo, imponente, com alto frontão e duas torres sineiras e estrutura de alvenaria de pedra. Internamente, a ornamentação concentra-se nos altares e retábulos, barrocos, da primeira fase, estilo Dom João V. É tombada, desde 1962, pelo IPHAN e inscrita no Livro de Belas Artes. Pelo Decreto-Lei 1.058, de dezembro de 1943, da Câmara de Ouro Preto, passou a chamar-se Glaura, em homenagem a Manoel Inácio da Silva

 

 Alvarenga, nascido em Ouro Preto (1749/1814). Poeta, integrante da Escola Mineira, arcadista, revolucionário ( esteve preso, por quase três anos, acusado de conspiração contra a Coroa), formado em Coimbra, viveu a maior parte de sua vida no Rio de Janeiro.

Glaura é um poema de exaltação à rica natureza brasileira, sua flora e fauna, narrada por um pastor no estilo idílico dos árcades.

 

Foto da Capa: Divulgação

Siga o egonoticias: http://instagram.com/egonoticias

Siga o Editor: https://twitter.com/rodolfobracali

 

 

Tags
Mostrar Mais

Rodolfo Bracali

Nascido na Argentina, Rodolfo Bracali mora no Brasil a 17 anos, é Blogueiro de Imprensa. Atualmente seu interesse principal é a notícia, especializado em Assessoria Gastronômica e Webdesign.

Artigos Relacionados

8 comentários em “GLAURA – Beleza Naturais com Historias em MG”

  1. Preciso e precioso documentário.
    Glaura nosso paraíso. Local de paz e tranquilidade.
    Local onde cada um e todos vivemos grandes momentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios