ECONOMIA E NEGÓCIOSNegócios

Projeto voltado à economia criativa idealizado em Balneário pode se transformar em programa estadual.

A Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (ACIBALC) esteve representada pela ex-presidente da entidade, Ciça Muller, em reunião onde foi apresentado o case de sucesso BC Criativo, ocorrida na última quinta-feira, 25, na Secretaria de Estado, Cultura e Esporte (SOL), em Florianópolis. Quem recebeu a comitiva, que incluiu representantes do projeto, da FACISC e do Turismo, foi o secretário adjunto, Francisco dos Anjos, que analisa a ideia de utilizar o BC Criativo como base para uma rede de economia criativa em todo o Estado.

ACIBALC - Foto Divulgação
ACIBALC – Foto Divulgação

Ciça Muller lembra a importância do projeto e ressalta que a criatividade pode ser uma diversificação para a matriz econômica no município, e agora no estado.  “Acreditamos que este tipo de economia pode atrair ainda mais turistas, através de produtos criativos, e tem potencial para o turismo de experiência, onde o produto criativo é produzido pelo próprio visitante. Exemplo disso seria um workshop de artesanato, onde a peça criada tenha a participação do turista.” explica. Ciça ainda ressalta que a visão da Secretaria Estadual é de promover grupos de trabalho com agentes da economia criativa de Santa Catarina, para isso já está agendada uma nova reunião com Francisco para os próximos dias, com a participação dos Consultores da FACISC.

Até 2016, o projeto tinha a articulação da Fundação Cultural da cidade, mas a partir desse ano ele passou a ser mediado pela Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário. O diretor Nelson de Oliveira reafirma que o BC Criativo se mostrou muito importante na cidade. “Vejo que ele é uma ferramenta que vai potencializar a economia de Balneário Camboriú. Ele deu tão certo que já tivemos esse reconhecimento estadual. Ele diversifica a economia e incentiva os empresários a serem criativos, o que é sensacional”, afirma. Nelson salienta que agora que pertence à Sectur, a ideia é ampliar ainda mais o projeto, fortalecendo-o. “Não queremos perder o que já foi feito até o ano passado, a ideia é só melhorar. Ressalto a liderança e iniciativa das entidades participantes, como a ACIBALC, e também de todos os voluntários envolvidos. A economia criativa é o futuro e o empreendedorismo é a chave para isso tudo”, salienta.

Foto da Capa: Divulgação

Tags
Mostrar Mais

Eunice Ferreira

Especializada em marketing digital, gestão de mídias sociais, publicidade e conteúdo online incluindo captação e produção de vídeos, Jornalista (MTB 4755), graduada em Comunicação, Marketing e vendas, especialização em Comunicação Empresarial e pós-graduada em Gestão Imobiliária. www.iday.com.br

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios