[Hotel Urbano] 970×250 – Eurotrip
[Patroni Pizza] 970×250 – Full Banner – DESK/TAB
Arte e CulturaCulináriaENTRETENIMENTOPescaTurismo

Pantanal – Brasil

 

A pecuária e a pesca são as atividades econômicas que mais se destacam no Pantanal – a maior planície alagável do mundo.

Mapa do Brasil Foto Divulgação
Mapa do Brasil Foto Divulgação

O Brasil apresenta, ao longo de seu território, diversas composições vegetais, dentre elas, o Pantanal, que é conhecido também por Complexo do Pantanal. A formação vegetal dessa região recebe influência da Floresta Amazônica, Mata Atlântica, Chaco e do Cerrado. Ocupando uma área de 210 mil km2, o Pantanal é considerado a maior planície alagável do mundo e está situado sobre uma enorme depressão, cuja altitude não ultrapassa os 100 metros em relação ao nível do mar.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Esse domínio encontra-se ao sul do estado de Mato Grosso e a noroeste do Mato Grosso do Sul, esse possui um percentual maior de Pantanal, cerca de 65%, enquanto aquele detém 35%. O alagamento do Pantanal acontece no período chuvoso; nas épocas de estiagem, formam-se pastagens naturais, situação que favorece a ocupação para criação de gado. A inundação do Pantanal acontece por causa das cheias do rio Paraguai e afluentes.

 

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Hidrografia

O Rio Paraguai passa pela cidade de Cáceres, Mato Grosso, onde é conhecido com “Princesinha do Rio Paraguai” e seus afluentes percorrem o Pantanal, formando extensas áreas inundadas que servem de abrigo para muitos peixes, como o pintado, dourado, pacu e outros animais com os jacarés, capivaras, ariranhas e outros.

 

 

 

Pacu Foto Divulgação
Pacu Foto Divulgação

Devido a baixa declividade desta planície no sentido norte-sul e leste-oeste, a água que cai nas cabeceiras do Rio Paraguai leva 4 meses ou mais para atravessar todo o Pantanal.

 

 

Clima

O clima do Pantanal é quente e úmido no verão, e relativamente mais frio no inverno. A maior parte do solo do pantanal é arenosa e pastagens nativas utilizadas pelos herbívoros e pelo gado bovino.

As superfícies pantaneiras mais elevadas abrangem a vegetação do Cerrado e, em áreas mais úmidas, apresentam florestas tropicais do tipo arbóreas. Essa parte da fitogeografia brasileira foi reconhecida pela Unesco como um Patrimônio Natural da Humanidade, isso pelo fato de ser um dos ecossistemas mais bem preservados do mundo. Além disso, abriga uma imensa biodiversidade, são cerca de 670 espécies de aves, 242 de peixes, 110 de mamíferos, 50 de répteis. Incluindo ainda aproximadamente 1500 variedades de plantas.

As atividades econômicas desenvolvidas no Pantanal que mais se destacam são a pecuária e a pesca. A criação de gado é uma atividade que consegue aliar preservação e renda. Porém, nas últimas décadas, gradativamente tem sido inserido na região pantaneira o cultivo de culturas monocultoras comerciais (ex. soja), provocando impactos negativos no ambiente pela aplicação de agrotóxicos, além da retirada da cobertura vegetal original que pode comprometer todo o ecossistema. Outro problema enfrentado está ligado à fauna, tendo em vista que ocorre uma intensa caça de jacarés e pesca indiscriminada.

Alimentação

O pantaneiro tem hábito de acordar cedo, para cuidar  dos animais e precisa de uma alimentação reforçada, que tem o nome de quebra-torto para a primeira refeição do dia. Café reforçado, pão, arroaz com carne seca e outras delícias proporcionadas pela vasta planície.

Prato Típico foto Divulgação
Prato Típico Foto Divulgação
Prato Típico foto Divulgação
Prato Típico Foto Divulgação

O Tereré = Ivo Morales sabe do que estou falando!

Tererê Foto Divulgação
Tererê Foto Divulgação

Herdado da tradição guarani (índios),  tereré é uma bebida servida na cuia, (cabaça, coité, cuieté) são os nomes dados ao fruto da cuieira depois de esvaziado do miolo) com erva-mate e água gelada. É bastante consumido pelos pantaneiros antes do meio-dia, depois do trabalho matutino. Também se toma o tereré à tarde, noite quase sempre em rodas de conversas entre família, peões ou amigos. (Por favor não me chamem, não!!! Amargo…rsss)

Capivara Foto Divulgação
Capivara Foto Divulgação

Fauna

A fauna pantaneira é muito rica. Estudiosos afirmam que existem 650 espécies de aves. A mais espetacular é a arara-azul-grande, uma espécie ameaçada de extinção. Tuiuiús,tucanos, periquitos, garças-brancas, beija-flores, socós, jaçanas, emas, seriemas, papagaios, colhereiros, gaviões, carcarás, curicacas e a lista vai longe.

 

 

Foto Divulgação Rodolfo Bracali
Foto Divulgação Rodolfo Bracali

Flora

A vegetação pantaneira é um mosaico de cinco regiões distas:

  • Floresta Amazônica;
  • Cerrado;
  • Caatinga;
  • Mata Atlântica (paraguaio, argentino e boliviano.

Durante a seca, os campos se tornam amarelados e constantemente a temperatura desce a registrar geadas, influenciadas pelos ventos que chegam do sul do continente.  Nas partes mais baixas, predominam as gramíneas, que são áreas de pastagens naturais para o gado – a pecuária é a principal atividade econômica do Pantanal.


Por Eduardo de Freitas, Julieta Licumbi, Rodolfo Bracali

Foto da Capa: Daniel De Granville

Siga o egonoticias: http://instagram.com/egonoticias

Siga o Editor: https://twitter.com/rodolfobracali

Rodolfo Bracali
_________________________________________
Assessor de Imprensa e Blogueiro e Web Design
Contato: +55 31 99885 – 9387 – Op. Vivo
WhatsApp: +55 31 98685-9831 – Op. Oi
E-mail: rcb539@gmail.com
Site: http://formatacaonota10.wixsite.com/abnt 

 

Tags
Mostrar Mais

Rodolfo Bracali

Nascido na Argentina, Rodolfo Bracali mora no Brasil a 17 anos, é Jornalista Digital. Atualmente seu interesse principal é a Notícia, especializado em Assessoria Gastronômica e Webdesign.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios